10 momentos de perrengue que todo mochileiro já teve ou terá

10 momentos de perrengue que todo mochileiro já teve ou terá

Se você é mochileiro com certeza já teve ou terá os 10 momentos ruins a seguir

O Instinto Viajante listou 10 momentos para esquecer que todo mochileiro já viveu ou viverá, durante seu mochilão. Veja a seguir.

10. Acabar a grana antes da data de volta

sem-dinheiro-azar-instinto-viajante

O mochilão começou e você com aquela grana toda na mão esbanjou nos passeios, nas festas, nas bebidas e nas compras. Beleza. Só que esqueceu que ele duraria mais de uma semana. Vai chegando a data da volta e a grana acabando. Conclusão? Partiu comer todo dia naquele mercadinho de higiene duvidosa, comprar tudo no supermercado, viver de sandubas o dia todo e por aí vai…

9. Sentir dificuldades com o idioma

Você achando que seu excelente portunhol resolveria tudo na Espanha ou naquele seu mochilão Bolívia, Argentina, Chile e Peru; ou aquele cursinho online ou seu diploma adquirido em anos de jogos de video-game, mas algo dá errado. Chega nos estrangeiros sozinho, galera falando rápido, embolado, com sotaque e você pedindo pelo amor de Deus pra encontrar um conterrâneo. No momento em que você não entende ninguém e ninguém o entende, o jeito é apelar para as libras, vai na mimica e seja feliz.

8. Não conseguir carona

Esperar uma carona por horas e nada. É, amigo, tem vezes que nem com cartaz, melancia, sinal de fumaça, mudar o ponto, posto de gasolina, prece pro santo, nada. Parece que nada faz aquela caroninha milagrosa te salvar. O que fazer? Ou senta e chora ou arma a barraca onde estiver e tenta no dia seguinte.

7. Reclamar que a mochila está pesada

azar mochileiro

Esse é talvez o mais clássico dos perrengues de mochileiros. Faz um checklist de viagem, da um jeito de socar tudo dentro do mochilão, testa o peso antes de sair de casa e pensa: “até que não está tão pesado, dá pra levar”.

Corta a cena para dias depois, após caminhar sob sol quente em busca de um hostel com vaga e lá está o mesmo mochileiro pensando: “puta que o pariu, porque fiz uma mochila tão pesada?!”

6.Ter mais atividades que dias de viagem

Outro apuro recorrente para muitos viajantes é ter dezenas de atividades espremidas em poucos dias de viagem, um roteiro louco que só quem monta acha que conseguirá fazê-lo. Daqueles roteiros que se comer uma banana a mais no café já deu tempo de perder um passeio. E advinha? Sempre acontece algo que faz o roteiro mudar.

5. Sentir frio e não ter casaco

azar mochileiros

Foto: imgsapp.sites.uai.com.br

Sabe a clássica frase de mãe “filho, leva o casaco!”? Pois é! E muitos mochileiros, seja por espaço e peso no mochilão, confiar na previsão do tempo e época do ano ou mero esquecimento, deixa de levar um casco. O resultado você já conhece: perrengue, frio e gambiarra pra sair desse apuro.

4. Pegar chuva

Muitas vezes, pior que o frio é a chuva. Você tá lá esperando uma carona na estrada e ela vem te atazanar. Vai visitar aquela atração bacana durante a passagem na cidade, mas a chuva chega e você termina enchendo a cara no hostel ou vendo filme com a(o) namorada(o). Está chegando na cidade, sem conhecer nada do local, e ela cai. Pra piorar você comprou aquele mochilão que estava uma verdadeira pechincha, porém não tinha capa de chuva. Resultado: perrengue e tudo molhado! Chuva está com certeza no Top5 de inimigos de mochileiros.

3. Viajar horas em um ônibus ruim

onibus ruim azar mochileiro

Foto: soylocoporti.wordpress.com

Essa qualquer mochileiro que tenha feito o clássico mochilão pela América do Sul, vai ler, relembrar e rir do perrengue. Mochileiro que se preze tem que viajar horas naqueles ônibus que prometem leito, mas que na verdade fazem uma viagem terrível estilo lata de sardinha. Destinos como a Bolívia e o Peru fazem isso muito bem, por sinal. rsrsrs

2. O Couchsurfing furar ou não ter onde dormir

Ferrou, o contato do Couchsurfing furou! Outro perrengue recorrente, principalmente entre mochileiros sem grana, low cost e aventureiros é chegar e não ter onde dormir. A criatividade precisa funcionar e o improvisovai desde um camping selvagem, armar barraca nos fundos de postos de gasolina até banquinhos em geral, nas rodoviárias, praças, aeroportos, etc.

1. Sofrer acidente grave e não ter seguro viagem ou ser um inferno para ressarcir

447

Essa já rolou comigo, como contei no Desça comigo a estrada mais perigosa do Mundo. Você lá curtindo a beça seu mochilão e de repente um acidente e um machucado grave. Beleza, tem seguro né? Ops, não!

Enrola tudo e muitas vezes significa retornar pra sua terra natal. Em alguns casos, mesmo quem tem o seguro sofre pra ressarcir a grana paga. Mas relaxa e saiba que não é nada mais que um drama que todo mochileiro já viveu ou viverá.


Teve algum perrengue diferente dos listados no seu mochilão? Conta pra gente!

Curta Instinto Viajante no Facebook e fique por dentro de mais dicas e do dia a dia de uma viagem sem grana pela América do Sul.

Pelo Instagram do Instinto Viajante curta as fotos mais belas mundo afora.


« | »

Sobre