Tensão pré viagem e Livros Parte I

leitura

Conheça bons livros sobre diferentes estilos de vida e entenda o conceito de TPV.

Livros de viagem e a Tensão Pré-Viagem (TPV)

Mais ou menos seis meses antes de finalmente libertar as amarras e zarpar para a viagem que irá mudar minha vida, sou vítima de uma patogênese comum a quase todos os viajantes: a TPV. A Tensão Pré-Viagem enxerga como presa fácil qualquer viajante com imunidade baixa devido a uma viagem prevista. Em meio à ansiedade, um dos principais sintomas é a fome. Fome de ler relatos, escritos, posts de viajantes e livros de viagem na internet e/ou em livros, causando perda gradativa da produtividade no trabalho e outras atividades.

É aquele momento em que o aspirante à nômade devora livros de viagem e se empolga cada vez mais vendo fotos e histórias fantásticas. As planilhas em excel e as compilações num arquivo de word transbordam com roteiros e notas de locais para não perder durante a viagem. Calcula-se tempo e grana; estuda-se como chegar, por onde, o que vale a pena, o que não vale. Cansa só de pensar, mas devido à TPV, o viajante sonhador nem ao menos respira ou bebe água, enquanto acaba com livros de viagem aos montes. Esquece-se inclusive de dormir, dando origem a outro sintoma: as olheiras constantes. Mais próximo da data, o frio na barriga é constante e o medo, quando em uma viagem de aventura, não sai da cabeça.

Obviamente que fui completamente dominado por estes sintomas e um dos pontos extremos da TPV em mim foi o número de livros de viagem que devorei em tão pouco tempo. Qualquer momento era suficiente para abrir e ler algumas linhas, no ônibus sentado ou em pé, nos intervalos do almoço no trabalho, antes de dormir e até mesmo andando nas ruas. Isso claro que não me fez um crítico literário de livros para viajantes, mas fez eu me sentir com um mínimo de autoridade para separar o joio do trigo.

Assim, separei em dois posts os livros de viagem que realmente fizeram diferença em minha vida ou em meu planejamento (você pode ler a segunda parte aqui) ao longo desses meses que antecederam minha decisão de largar a normalidade e mudar completamente meu estilo de vida. Nela estão os livros de viagem que valeram a pena o tempo de leitura. Nessa primeira parte apresento para vocês uma lista que eu gostaria que me fosse apresentada há bastante tempo, de livros com grandes lições de vida.

O Pequeno Príncipe – Antoine de Saint-Exupéry

livros de viagem O-pequeno-príncipe

Dizem que o Pequeno Príncipe possui a magia de dar várias interpretações a cada idade que se lê. É como se a visão do livro quando se lê criança fosse totalmente diferente de quando adultos. Eu nunca concordei muito com essa teoria. Pra mim isso não é exclusivo deste livro, mas de qualquer um, pois são épocas distintas da vida.

Mas verdade é que o Pequeno Príncipe nos deixa mais próximo de uma vida simples, sincera e de entendimento do outro. O livro relembra o prazer da curiosidade infantil, de questionar o porquê das coisas, e nos da força para sonhar. É clichê falar de sonho, mas esse livro é um dos poucos que li que realmente estimula essa prazerosa atividade. A simplicidade e inocência de ser, unidas a sede por viagem do Pequeno Príncipe fazem deste pequeno livro indispensável na lista de livros de viagem de qualquer mochileiro.

 

Como fazer amigos e influenciar pessoas – Dale Carnegie

como-fazer-amigos

Não está na lista de livros de viagem, mas esse foi um dos livros mais engrandecedores que li na minha vida. Com lições simples, ele ensina desde a pureza de elogiar o próximo até um debate onde o mais importante não é alguém sair vencedor de uma discussão, mas sim ambos saírem com mais conhecimento e sabedoria. Apesar de o título parecer maldoso, este livro ensina a viver melhor. É desses livros que temos que ler várias vezes, como um manual. Inclusive preciso lê-lo novamente assim que puder.

 

 

 

 

A lição final – Randy Pausch

a-licao-final

Tal qual o livro do Carnegie, esta obra não está na lista de livros de viagem, mas é uma leitura que deveria ser obrigatória inclusive no sistema de ensino. Ao invés das literaturas decorebas que estamos acostumados a ver no nosso modelo atrasado de ensino, essa deveria ter espaço. Fala do final da vida de Randy Pausch, um professor que descobre uma doença terminal e resolve viver sua vida um pouco diferente, gravando vídeos que seus filhos possam assistir quando mais velhos e conhecer um pouco mais do pai. Lições de simplicidade como o verdadeiro valor de ter um carro (levar de um ponto A até um ponto B ao invés de ser objeto de status) e muitas outras fazem desse livro único, em uma aula tocante de vida.

 

 

O homem sem grana – vivendo um ano fora do sistema econômico – Mark Boyle

livros de viagem O-homem-sem-grana

Esse livro foi o maior divisor de águas da minha vida nos últimos tempos.

Fez-me repensar diversas coisas e ter a certeza de que quem quer fazer algo não precisa que muitos façam, apenas precisa fazer. E procurando vamos vendo que realmente não estamos sozinhos. O livro conta a história de Mark vivendo um ano sem dinheiro e seu dia-a-dia. É sensacional e possui um conteúdo de aprendizado imenso. Mesmo os que não concordam com sua atitude precisam admitir que seus argumentos são extremamente coerentes. Andava pensando em diminuir radicalmente meu consumo que já era bem pouco e parar de comer carne, este livro deu um grande incentivo para ambos.

 

 

 

Trabalhe 4 horas por semana – Timothy Ferris

livros de viagem Trabalhe-4-horas-por-semana

Este livro é o que há de melhor em termos de se levar uma vida nômade.

É a bíblia do trabalho à distância. Um livro de viagem/profissional, onde Ferris mostra como conseguiu reduzir drasticamente suas horas trabalhadas e viver de forma nômade, viajando e trabalhando a distância. É um ótimo livro para ensinar sobre gerenciamento de tempo e sem dúvidas uma excelente leitura. O site Nômades Digitais utiliza bastante suas ideias.

 

 

 

 

Em Tensão pré viagem e Livros Parte II, trago uma lista com livros que te convencem a viajar e mostram o prazer desse estilo de vida. Não deixem de conferir.

Conhece algum deles? Conte-nos o que achou.

 

Veja mais livros em Tensão pré viagem e Livros Parte II

Curta Instinto Viajante no Facebook e fique por dentro de mais dicas e do dia a dia de uma viagem sem grana pela América do Sul.

Pelo Instagram do Instinto Viajante curta as fotos mais belas mundo afora.

Fotos: Saraiva e Colégio Web.


« | »

Sobre