Patagônia: como chegar e viajar de avião, ônibus e barco (Patagônia argentina e chilena)

Patagonia-argentina-instinto-viajante

Patagônia: saiba como chegar e viajar por todas as cidades da Patagônia argentina e chilena

Tudo para seu roteiro de viagem a Patagonia: informações para comprar passagem e viajar de avião, ônibus e barco na Patagônia argentina e chilena

 

Vai viajar para a Patagônia argentina e chilena?

Quer saber como chegar nos melhores destinos da Patagônia?

Quer estudar os trajetos de avião, ônibus e barco para comprar sua passagem e fechar pacotes de viagens?

Então esse post é perfeito pra você e sua trip! Veja todas as viagens e transportes possíveis na Patagônia argentina e chilena aqui e monte o melhor planejamento de viagem para seu passeio ou mochilão internaciona!

Patagônia

laguna-esmeralda-ushuaia-patagonia-argentina-instinto-viajante

Laguna Esmeralda, Ushuaia, Patagônia, Argentina

A Patagônia é uma região enorme que cobre milhares de quilômetros da parte sul da América do Sul dividida entre Argentina e Chile. Diferente do que muitos pensam, a Patagonia não é somente neve e Ushuaia.

Seu lado oeste (esquerdo) é marcado pelas belezas e atrativos mais frios, com mais pontos turísticos, parques e glaciares para visitar e banhado pelas águas do Oceano Pacífico, além da linda e magestosa Cordilheira dos Andes. É neste lado que estão as mundialmente famosas Ruta Nacional 40 argentina e a Carretera Austral chilena, rodovias que ligam as cidades patagônicas. A RN40 é uma das mais famosas do mundo, cortando quase toda Argentina e a Carretera Austral chilena recorre quase todo o sul do Chile.

Já o lado leste (direito) pertence somente à Argentina e é onde está a também imensa Ruta Nacional 3, essa às margens do Oceano Atlântico, completamente asfaltada, em boas condições e mais movimentada. A Ruta 3 também tem paisagens lindas, mas possui um cenário de beleza diferente, pois a maior parte é desértica e árida. Pela RN3 pode-se visitar praias lindas e com águas com temperaturas mais quentes para mergulhar no verão, dentre elas a linda Las Grutas e a mágica Península Valdés, perto de Puerto Madryn, de onde se pode observar com facilidade Orcas e Baleias Francas, além de duas das maiores pinguineiras da Argentina: o Parque Monte Léon e a reserva de Punta Tombos. As estradas RN40 e RN3 se encontram na cidade de Rio Gallegos de onde se segue para o extremo sul da América do Sul, a parte mais austral da Patagonia, a ilha Tierra del Fuego, onde estão Tolhuin Ushuaia.

A Patagônia argentina é formada pelas províncias (como são chamados os Estados) de Neuquén, Río Negro, Chubut, Santa Cruz e Tierra del Fuego. Enquanto a Patagônia chilena compreende a extremidade meridional de Valdívia, a Região de Los Lagos, o Lago Llanquihue, a Isla Grande de Chiloé, Puerto Montt, o sítio arqueológico de Monte Verde, e as ilhas das Regiões de Aysén (ou Aisén) e Magallanes, incluindo uma parte da Tierra del Fuego e o Cabo Horn.

Programando os dias de viagem pela Patagônia

Para programar uma viagem pela Patagônia é preciso dividir o roteiro em várias viagens quando se têm somente dias de férias, principalmente porque as distâncias são muito grandes. Além disso, é preciso ter cuidado para não criar um roteiro com muitas cidades que deixe inviável fazer uma boa viagem, aproveitando os atrativos de cada cidade. Na Patagônia há quase uma regra: os dias de deslocamento entre as cidades quase sempre são dias perdidos, seja pelas longas distâncias, os poucos horários de ônibus e conexões ou pelos horários dos passeios.

Além disso, o clima na Patagônia muda muito devido aos frequêntes e fortes ventos, fazendo com que alguns passeios não estejam em boas condições para realizar e necessitem esperar um ou dois dias mais para um passeio perfeito em um lindo dia, caso de lugares como El Chaltén e Torres del Paine. Pensar em quatro dias em cada uma das principais cidades não é um exagero em se tratando de Patagônia.

A seguir estão todas as opções de transporte coletivo entre os principais destinos da Patagônia.

Leia todo artigo ou escolha o tópico no índice para ir direto ao assunto.

Índice

1. Patagônia de carro, moto e bicicleta

2. Patagônia de avião

3. Patagônia de ônibus

4. Patagônia de Barco

5. Patagônia de Carona para mochileiros (low cost)

Patagônia argentina

6. Saindo de Buenos Aires

7. Saindo de Bariloche

8. Saindo de Trelew (Península Valdés)

9. Saindo de El Calafate

10. Saindo de El Chaltén

11. Saindo de Ushuaia

Patagônia chilena

12. Saindo de Santiago

13. Saindo de Puerto Montt/Puerto Varas

14. Saindo de Puerto Natales (Parque Nacional Torres del Paine)

15. Saindo de Punta Arenas

1. Patagônia de carro, moto e bicicleta

A Patagônia possui distâncias muito longas e para a maioria das pessoas cansativa ao ponto de não valer a pena. Por outro lado, pode-se configurar uma aventura inesquecível.

Na Argentina, as principais rodovias da Patagônia são a Ruta Nacional 40 e a Ruta Nacional 3. A RN40 cruza todo o lado oeste da Argentina, desde La Quiaca, nas proximidades com a Bolívia, até Rio Gallegos, quase no fim da América do Sul, em um total de 5.194 quilômetros. Essa rodovia é mais lendária do que confortável, digamos. É conhecida mundialmente e muitas pessoas sonham em viajar por ela, principalmente em moto ou bicicleta. Talvez esse grande desejo seja pelas dificuldades impostas pela RN40 que tornam a viagem um verdeiro desafio. O pouquissímo fluxo de veículos (principalmente fora de temporada), os longos trechos sem asfalto, a escassez de postos de gasolina e povoados mais estruturados, e a ausência de sinal de celular em vários trechos dão ares de uma verdadeira aventura a essa viagem terrestre. Em muitos trechos, veículos que não são 4×4 podem ter sérios problemas ou deixar a viagem muito desconfortável.

A Ruta 3 está do lado leste da Argentina e também é imensa, indo de Buenos Aires até o fim da América do Sul e do mundo, no Parque Nacional Tierra del Fuego, em Ushuaia, totalizando 3.060 quilômetros quase todos asfaltados, em boas condições e mais movimentada. Suas dificuldades maiores são os longos percursos e a monotonia da estrada com retas de muitos quilômetros.

A Carretera Austral é como é conhecida a Ruta CH-7, principal rodovia da Patagônia chilena que liga 1.240 quilômetros entre Puerto MonttVilla O’Higgins, cortando a Región de Aysén e da Provincia de Palena, na Región de Los Lagos. Ela possui as mesmas dificuldades da RN40 argentina com o agravante de ser mais remota e com mais trechos não asfaltados.

Transitar no inverno requer atenção redobrada, pois as estradas com neve oferecem alto risco de acidentes.

2. Patagônia de avião

As principais cidades da Patagônia com aeroporto que operam todo ano são: na Argentina, Trelew, El Calafate e Ushuaia; e no Chile, Punta Arenas. A maior quantidade de voos saem das capitais Buenos Aires e Santiago, portanto convém ir do Brasil para as capitais e depois tomar outros voos para as cidades.

Valores das taxas de aeroportos internacionais: consulte as taxa de embarque e desembarque para voos domésticos e internacionais para não ser surpreendido. Em alguns casos, é preciso chegar ao aeroporto com bastante antecedência para pagar a taxa, pois as filas são longas.

Não existem voos internacionais entre a Patagônia argentina e a Patagônia chilena.

Mais voos durante a temporada

Durante a temporada, a Aerolíneas Argentinas tem vôos domésticos entre algumas cidades argentinas, dentre as principais possibilidades estão: Bariloche – El Calafate, Ushuaia – El Calafate, Trelew (Península Valdés) – El Calafate e Trelew (Península Valdés) – Ushuaia.

No Chile, há: Punta Arenas – Puerto Montt e Punta Arenas – Puerto Williams, próximo de Ushuaia, além de voos para o Aeroporto de Balmaceda, nas proximidades de Coyhaique e Puerto Rio Tranquilo.

3. Patagônia de ônibus

Os deslocamentos em ônibus possuem preços altos, muitas vezes compensando tomar voos pela relação de tempo e custo-benefício. Mesmo assim, se desejar, você poderá recorrer toda Patagônia de ônibus. Se optar por isso tenha em conta que necessitará paciência e muitos dias de viagem, tanto pelas distâncias, quanto pelos poucos horários diários de coletivos na Patagônia, dificultando a possibilidade de mais de um ônibus por dia e boas combinações do tipo descer de um ônibus e já tomar outro. Quanto mais para o sul, maior a dificuldade em comprar passagens online.

Río Gallegos é a cidade que possui maior número de linhas para as cidades da Patagônia e de onde pode haver possibilidades de economizar um pouco no trajeto.

Tem como fazer baldeação na Patagônia?

Infelizmente é quase impossível fazer baldeação na Patagônia. Diferente de muitas cidades brasileiras, a Patagônia possui um sistema de transporte muito fechado, com poucas possibilidades de que viagens curtas possam deixar a trip mais barata. Em geral, as distâncias são longas e com apenas uma possibilidade de deslocamento, ou com possibilidades que deixam o trecho ainda mais caro.

No Chile, a Carretera Austral na parte sul possui poucas estradas, indo apenas até Villa O’Higgins, não havendo estradas entre Puerto Montt, os Lagos Andinos, e a região de Puerto Natales e Punta Arenas. Nesses trechos existem serviços de balsa e traslados em barcos.

4. Patagônia de barco

Os principais passeios de barco pela Patagônia se encontram do lado chileno ou mesclando os dois países. Dentre as opções, estão:

O cruzeiro turístico da Australis que funciona entre setembro e março, realizando o trecho entre Punta Arenas e Ushuaia, em pacotes de viagens de três ou quatro dias (ida) ou sete dias (ida e volta, com diferentes itinerários). A média dos valores é de US$ 1.500,00.

O passeio da Navimag que possui balsas de carga que levam passageiros entre Puerto Montt e Puerto Natales, nas proximidades do Parque Nacional Torres del Paine, em três dias e meio. Os valores giram em torno de US$ 700,00 a cabine compartilhada e US$ 1.500,00 cabine single na alta temporada.

Há quem opte por sair de El Chaltén, Argentina, pela Laguna del Desierto – um caminho incrível que mescla trekking e passeios de barco chamado “de la Divisoria” ou “Dos Lagunas”. Para isso, é preciso cruzar a Laguna del Desierto e o Lago O’Higgins que separam El Chaltén e Villa O’Higgins. Para isso, é preciso percorrer 130 quilômetros, divididos entre ônibus e barcos, além de possibilidades de caminhadas, cavalgadas, e bicicletas. Todo trajeto dura em média um ou dois dias.

Por último, mas não menos importante, está o Cruce de Lagos, cruzeiro de luxo que passa por três lagos – o Lago Nahuel Huapi, Lago Frías e Lago Todos los Santos – entre Bariloche, na Argentina, e Puerto Varas, no Chile. O passeio custa US$ 210,00 para países do Mercosul e US$ 280,00 para outros países, o trajeto de doze horas; e US$ 280,00 para países do Mercosul e US$ 340,00 para outros países, o passeio de dois dias.

5. Patagônia de Carona para mochileiros (low cost)

A quantidade de mochileiros na Patagônia é enorme e a segurança das pequenas cidades também, isso fez com que surgisse uma cultura de dar e pegar carona muito grande por essa região. Viajar a Patagônia de carona é uma opção válida e pode ser uma possibilidade de economizar e conhecer mais pessoas.

Para tentar carona você pode utilizar os grupos Camioneros y Mochilas ArgentinaMochileros ArgentinaMochileros/as (Argentina) no Facebook para obter ajuda, além dos aplicativos Carpoolear e Tripda. Aconselhamos tentar em postos de gasolina ao longo da Ruta 3, da Ruta 40 e da Carretera Austral – essa duas últimas mais desertas e mais difíceis de conseguir carona, indicamos tentar somente na alta temporada e saindo bem cedo. A Ruta 3 é bem mais fácil, devido ao maior fluxo de pessoas e caminhoneiros. Em toda Patagônia há muitas cidades possuem entradas e saídas perfeitas para tentar carona.

Patagônia argentina

6. Saindo de Buenos Aires

Casa_Rosada_Buenos_Aires_Argentina_instinto_viajante

Casa Rosada, Buenos Aires, Argentina. Foto: destinosa1.com

7. Saindo de Bariloche

bariloche-patagonia-argentina-instinto-viajante

Bariloche, Patagônia, Argentina. Foto: bariloche.org

  • Como chegar em Ushuaia: de ônibus 23h até Río Gallegos (Taqsa/Marga) e mais 12h até Ushuaia (Taqsa/Marga)
  • Como chegar em El Calafate: de avião 1h45 (Aerolíneas, na temporada) ou de ônibus 28h (Taqsa/Marga). Nota: O Aeropuerto Internacional Calafate está a 23 quilômetros da cidade e um táxi ou remis custa em torno de US$ 7.
  • Como chegar em Trelew (Península Valdés): de ônibus 5h até Esquel (Via Bariloche, Don Otto, Via Tac) e mais 8h45 até Trelew (Don Otto)
  • Como chegar em Puerto Varas (Chile): de ônibus 6h (Via Bariloche, Andesmar) ou um dia de barco e mais um ônibus pelo Cruce de Lagos

8. Saindo de Trelew (Península Valdés)

peninsula-valdes-patagonia-argentina-instinto-viajante

Península Valdés, Patagônia, Argentina. Foto: argentinavision.com

  • Como chegar em Ushuaia: de ônibus 16h até Río Gallegos (Via Tac) e mais 12h até Ushuaia (Taqsa/Marga)
  • Como chegar em El Calafate: de avião 1h45 (Aerolíneas, na temporada) ou de ônibus 16h até Río Gallegos (Via Tac) e mais 4h até El Calafate (Taqsa/MargaCooperativa Sportman). Nota: O Aeropuerto Internacional Calafate está a 23 quilômetros da cidade e um táxi ou remis custa em torno de US$ 7.
  • Como chegar em Bariloche: de ônibus 8h45 até Esquel (Don Otto) e mais 5h até Bariloche (Via Bariloche, Don Otto, Via Tac)

9. Saindo de El Calafate

el-calafate-glaciar-perito-moreno-patagonia-argentina-instinto-viajante

Glaciar Perito Moreno, El Calafate, Patagônia, Argentina

  • Como chegar em El Chaltén: de ônibus 3h (Taqsa/Marga, Chaltén Travel, CalTur, ou operadoras de passeios e traslados)
  • Como chegar em Puerto Natales (Chile): de ônibus 6h (Cootra, Buses Pacheco)
  • Como chegar em Parque Nacional Torres del Paine (Chile), direto: de ônibus 4h30 (operadoras de passeios e traslados em El Calafate vendem o passeio ida e volta)
  • Como chegar em Bariloche: de avião 1h45 (Aerolíneas, na temporada) ou de ônibus 28h (Taqsa/Marga)
  • Como chegar em Ushuaia: de avião 1h15 (Aerolíneas, na temporada) ou de ônibus 4h até Río Gallegos (Taqsa/Marga) e mais 12h até Ushuaia (Taqsa/Marga)
  • Como chegar em Trelew (Península Valdés): de avião 1h45 (Aerolíneas, na temporada) ou de ônibus 4h a Río Gallegos (Taqsa/Marga, Cooperativa Sportman) e mais 16h até Trelew (Via Tac).

10. Saindo de El Chaltén

el-chalten-patagonia-argentina-instinto-viajante

El Chaltén, Patagônia, Argentina. Foto: viagemeviagens.com

11. Saindo de Ushuaia

mirador-del-valle-carbajal-ushuaia-patagonia-argentina-instinto-viajante

Vista do Mirador Del Valle Carbajal, Ushuaia, Patagonia, Argentina

  • Como chegar em Punta Arenas (Chile): de ônibus 11h (Bus Sur, Buses Pacheco) ou de barco 25 min a Puerto Williams (Ushuaia Boating) e mais 1h15 de avião até Punta Arenas (Dap) ou o cruzeiro de três, quatro ou sete dias da Australis
  • Como chegar em El Calafate: de avião 1h15 (Aerolíneas, na temporada) ou de ônibus 12h até Río Gallegos (Taqsa/Marga) e mais 4h a El Calafate (Taqsa/Marga). Nota: O Aeropuerto Internacional Calafate está a 23 quilômetros da cidade e um táxi ou remis custa em torno de US$ 7.
  • Como chegar em Bariloche: de ônibus 23h até Río Gallegos (Taqsa/Marga) e mais 12h até Bariloche (Taqsa/Marga)
  • Como chegar em Trelew (Península Valdés): de ônibus 16h até Río Gallegos (Via Tac) e mais 12h até Trelew (Taqsa/Marga)
  • Saiba mais sobre Ushuaia

Patagônia chilena

12. Saindo de Santiago

santiago-chile-instinto-viajante

Santiago, Chile. Foto: mqltv.com

  • Como chegar em Puerto Montt/Puerto Varas: de avião 1h45 (Lan, Sky) ou de ônibus 13h (Pullman, TurBus, Condor)
  • Como chegar em Punta Arenas: de avião 4h30 (Lan, Sky)
  • Como chegar em Puerto Natales: de avião 4h30 até Punta Arenas (Lan, Sky) e mais 3h de ônibus até Puerto Natales (Buses Fernández, Buses Pacheco, Bus Sur)

13. Saindo de Puerto Montt/Puerto Varas

puerto-varas-patagonia-chile-instinto-viajante

Puerto Varas, Patagônia, Chile. Foto: canalesdelsur.com

  • Como chegar em Bariloche (Argentina): de ônibus 6h (Via Bariloche, Andesmar) ou um dia de barco e mais ônibus no passeio de cruzeiro Cruce de Lagos
  • Como chegar em Puerto Natales: três dias e meio de barco pela Navimag (novembro a março)
  • Como chegar em Punta Arenas: de avião 2h10 (Lan, Sky)

14. Saindo de Puerto Natales

puerto-natales-patagonia-chile-instinto-viajante

Puerto Natales, Patagônia, Chile. Foto: thesingular.com

torres-del-paine-patagonia-chile-instinto-viajante

Base de Las Torres, Torres del Paine, Patagônia, Chile. Foto: familiarecomenda.blogspot.com

15. Saindo de Punta Arenas

punta-arenas-patagonia-chile-instinto-viajante

Punta Arenas, Patagônia! Chile. Foto: cdn1.buuteeq.com

 

Valores e dados de fevereiro de 2016

Se esse artigo lhe ajudou pode ajudar outros viajantes, curta e compartilhe =)

Caso tenha dúvidas, pergunte e tentaremos ajudar – sua dúvida pode ser a mesma de outros viajantes. Se encontrar erros ou atualizações avise-nos, por gentileza.

 

Curta Instinto Viajante no Facebook e siga-nos pelo Instagram


« | »

Sobre