Trilha Praia de Jeribucaçu e Cachoeira da Usina, em Itacaré, Bahia

praia-de-jeribucaçu-itacare-ba

Trilha para praia de Jeribucaçu e cachoeira da Usina, Itacaré, Bahia: como chegar, preços, fotos e dicas de viagem

A praia de Jeribucaçu entra fácil na minha lista de melhores praias de Itacaré, na Bahia. Para muitas pessoas, chega a ser a praia mais linda da cidade. Ao lado dela também está a pequena e charmosa praia da Arruda.

Para chegar lá é preciso tomar um barco ou fazer uma das duas trilhas, sendo que uma delas também visita a cachoeira da Usina – falarei dos dois caminhos por trilha nesse artigo.

Aqui no Instinto Viajante, já mostrei a trilha das 4 praias rurais, a trilha da prainha, nossa aventura no rafting de Taboquinhas, e o imperdível passeio para a Península de Maraú, além de dar várias dicas para viajar para Itacaré nesse guia.

Agora chegou o momento de falar sobre a trilha da praia de Jeribucaçu e cachoeira da Usina. Você verá: como chegar, melhor época pra ir, estrutura e preços das barracas de praia, como é a trilha, com qual agência fazer e se dá pra fazer sozinho (a), além de fotos da praia de Jeribucaçu e da cachoeira da Usina.

Valores e dados de janeiro de 2017.

praia-de-jeribucaçu-itacare-ba

Praia de Jeribucaçu, Itacaré, Bahia.

Praia de Jeribucaçu e cachoeira da Usina, Itacaré, Bahia

Achamos interessante acompanhar o artigo completo, mas você pode ir direto ao assunto de seu interesse, clicando nos links abaixo.

Ajude o Instinto Viajante a se manter no ar =) Clique aqui e doe quanto quiser. Obrigado!

seta-instinto-viajante Dá pra fazer por conta própria?

rio-jeribucaçu-itacare

Atravessando o rio Jeribucaçu, depois da trilha da cachoeira da Usina, em Itacaré.

Eu sou um grande entusiasta de explorar destinos de viagem sozinho (a), seja por que, geralmente, não é tão complicado, seja pra economizar viajando, ou apenas por que, normalmente, a rigidez dos passeios guiados não me apetecem.

Contudo, há momentos em que ir com alguém que conhece é a melhor opção. E, na minha opinião, esse é o caso da trilha para a praia de Jeribucaçu, passando pela cachoeira da Usina.

A trilha até a cachoeira da Usina é fácil em dificuldade e orientação, mas, de lá até a praia, há algumas bifurcações não sinalizadas que são complicadas de ir sozinho (a).

A outra opção

Existe outra trilha que chega direto na praia de Jeribucaçu, sem passar pela cachoeira da Usina. Essa trilha é fácil e dá pra fazer por conta própria. Mas, acredito, que só valha a pena para quem está com veículo próprio, pois é difícil chegar de ônibus no local onde começa a trilha.

Conclusão

Se você for visitar estes lugares sem um veículo próprio ou alugado, vale mais a pena contratar um passeio guiado, até por que não é tão caro. Em um tópico mais adiante falo sobre as agências de viagem, qual indicamos e o preço médio do passeio.

Se tiver com veículo, talvez valha a pena ir por conta própria. Digo talvez pela confusão que é. Explico:

Eu iria até o começo da trilha da cachoeira da Usina, aproveitaria a cachoeira e voltaria para a estrada. Pela estrada iria de carro até o início da trilha que dá direto na praia de Jeribucaçu, pois, como mencionei, entre a Usina e a praia o caminho é mais confuso de fazer sem conhecer.

Acontece que acho que é uma confusão que vale a pena evitar indo com alguma agência. Nossa experiência indo com o passeio guiado foi ótima e não maçante como são a maioria dos city tours (no fim desse artigo conto em detalhes como foi).

seta-instinto-viajante Onde fica e como chegar de ônibus e de carro

cachoeira-da-usina-itacare

Cachoeira da Usina vista de cima – ela fica pertinho da estrada e é bem fácil de chegar!

Na cachoeira da Usina

A cachoeira da Usina fica em Itacaré, na Bahia, a apenas 10 KM do centro, indo pela rodovia BA 001 (Itacaré-Ilhéus).

O acesso à trilha fica antes do rio Jeribucaçu (antes em relação a quem vem de Itacaré. Você verá a ponte e uma placa informando o nome do rio), do lado esquerdo da estrada (sentido de quem vem de Ilhéus).

Da estrada até a cachoeira são 10-12 minutos por uma trilha leve pela mata (de fácil orientação), abrigada do sol, e, quase sempre plana, com algumas pequenas subidas e descidas. Não há sinalização, mas o caminho é bem marcado. Estava sem GPS, mas acredito que seja 1 KM.

→ Como chegar de ônibus

O trajeto de ônibus é feito pela viação Rota, da linha Itacaré-Itabuna, saindo do terminal rodoviário de Itacaré. Basta pedir para o (a) motorista para descer na entrada da cachoeira da Usina, próximo da ponte sobre o rio Jeribucaçu.

  • Horários: de hora em hora, das 5h as 20h (para voltar, calcule uns trinta minutos mais. Exemplo: 12:30h, 13:30h, 14:30h, etc).
  • Valor: R$ 4,50 (R$ 3,30 se você pedir sem o seguro que é opcional).

→ Como chegar de carro/moto

Saindo de Itacaré, basta seguir pela BA 001, sentido Ilhéus, até a ponte sobre o rio Jeribucaçu. Daí, é só atravessar a rua e pegar o acesso à trilha que fica antes do rio Jeribucaçu (antes para quem vem de Itacaré), conforme expliquei acima.

Dá pra estacionar na beira da estrada gratuitamente, já que não há nenhum guardador de carros.

Na praia de Jeribucaçu

praia-de-jeribucaçu-brazil

Praia de Jeribucaçu – para chegar há dois caminhos.

A praia de Jeribucaçu fica em Itacaré, na Bahia. O caminho mais curto e fácil fica a 15,4 KM do centro, indo pela rodovia BA 001 (Itacaré-Ilhéus) e, depois, por uma estrada municipal. São 14 KM de asfalto pela BA 001 e o restante em estrada de terra, até um estacionamento particular, onde começa um caminho de terra que leva até a praia.

O caminho para a praia é de barro na maior parte e fácil em orientação. Há uma ladeira que é inclinada (descida na ida e subida na volta), mas não muito difícil de fazer, e é possível ir parando para descansar, se achar necessário.

Do estacionamento até a praia são cerca de 20-30 minutos (2 KM).

A outra forma de chegar é pela cachoeira da Usina, trilha que comentei que é melhor fazer com guia. Da Usina até a praia são cerca de 1:30h (4,5 KM).

→ Como chegar de ônibus

Para ir direto pra praia de Jeribucaçu é preciso tomar um ônibus da viação Rota, linha Itacaré-Itabuna, saindo do terminal rodoviário de Itacaré, e pedir para o (a) motorista para descer na estrada que leva para o estacionamento e praia de Jeribucaçu.

  • Horários: de hora em hora, das 5h as 20h.
  • Valor: R$ 4,50 (R$ 3,30 se você pedir sem o seguro que é opcional).

→ Como chegar de carro/moto

Saindo de Itacaré, basta seguir pela BA 001 por 14 KM. Haverá uma entrada à esquerda e uma estrada de terra que leva por 1,4 KM até o estacionamento, onde começa a trilha.

Esse estacionamento custa R$ 10.

seta-instinto-viajante Melhor época para ir

trilha-usina-jeribucaçu-bahia

Trilha cachoeira da Usina – praia de Jeribucaçu em um ótimo dia de sol e céu azul!

O inverno é o período que mais chove em Itacaré e redondezas, portanto ir no verão significa mais chances de dias de sol e céu limpo.

Janeiro e fevereiro é a época que o volume de água dos rios e cachoeiras costuma estar maior, contudo não é sempre. Nós fomos em janeiro e estava com “pouca água” na cachoeira da Usina, pro período.

Entretanto, o verão é a temporada alta: as atrações estão mais cheias e os valores mais altos. Se possível, prefira ir fora do verão e do inverno, ou, pelo menos fora do final de semana. Mesmo assim, Jeribucaçu não costuma ficar lotada em nenhuma época do ano.

Se for no verão, evite o intervalo de 25/12 a 15/01, pois é a época mais lotada de Itacaré.

Dica: em dias de chuva, ou que tenha chovido na noite anterior, não aconselho fazer as trilhas, pois o caminho (que tem muitos trechos de barro) fica bem ruim e há riscos de quedas e torções.

seta-instinto-viajante Agência de viagem que indicamos, o que está incluso e o preço do passeio guiado

nosso-grupo-jeribucaçu-ba

Nosso grupo durante o passeio da cachoeira da Usina e praia de Jeribucaçu com a Bicho-Preguiça Ecoturismo. Rony e a Márcia, de São Paulo, e Elianio e Juliana, de Salvador. Ao fundo, nosso guia Miquiba, um dos mais antigos da cidade.

Principalmente pela rua Pedro Longo (popularmente conhecida como rua da Pituba), no centro de Itacaré, há diversas opções de agências que oferecem o passeio.

Nós fizemos com a Bicho-Preguiça Ecoturismo e foi tudo bem, indico fazer com eles. Dá pra contratar tudo pela internet e a Carla, responsável pelas reservas, é simpática e descomplicada.

Nosso traslado foi tranquilo e na hora combinada. Nosso guia foi o Magno “Miquiba”, um dos guias nativos mais antigos e famosos de Itacaré, além de ser uma ótima pessoa para conversar – inteligente e carismático.

O Miquiba conhece bem as trilhas, além de falar sobre várias curiosidades extras, como histórias da região, nomes de plantas, árvores e frutos, costumes tradicionais e memória da resistência negra da Bahia em épocas de escravidão e tráfico de pessoas. Sua presença agrega bastante valor ao passeio.

  • O passeio inclui: traslado ida e volta e guia.
  • Duração: quase o dia inteiro (cerca de 8h). O mais comum é a saída ser entre 8h e 10h, e o retorno entre 16h e 18h. São cerca de 35 minutos em traslados (ida e volta); 1:30h de trilha (ida); 30-40 minutos de trilha (volta); ficamos 30 minutos na cachoeira e 4:30h na praia. Nosso passeio começou às 9:30h e terminou 17:40h.
  • Preço: R$ 65 por pessoa (R$ 60 no dinheiro)*.

* crianças de até 2 anos não pagam; entre 3 e 5 anos pagam metade; e acima de 5 anos pagam normalmente.

Contatos Bicho-preguiça Ecoturismo

  • Site
  • Facebook
  • Instagram
  • E-mail: bichopreguica.ecoturismo@gmail.com
  • Telefone / WhatsApp: (73) 9 9804-2555 (Carla)
  • Endereço: a agência funciona dentro do Espaço Conexão Itacaré, no final da rua Pedro Longo (Pituba), do lado esquerdo (após a quadra), à caminho das praias do Resende, Tiririca, etc.

seta-instinto-viajante A cachoeira da Usina

cachoeira-da-usina-itacare-ba

Cachoeira da Usina, Itacaré, Bahia – em época de cheia. Foto: badini.com.br

cachoeira da Usina é uma das principais de Itacaré e tem esse nome, pois – no passado – foi represada para gerar energia elétrica para o centro da cidade e fazendas de coronéis locais (a população não recebia essa energia). Foi construída em 1942.

Com o passar do tempo, o crescimento da população e a distribuição da energia, a cachoeira passou a não suprir a demanda da cidade e foi desativada em 1971. Ainda é possível ver a estrutura de concreto no topo da cachoeira e grandes valas ao longo da trilha.

cachoeira-da-usina-itacare-1

Isabela refrescando-se na cachoeira da Usina, em Itacaré.

A cachoeira da Usina não é muito grande, mas vale a pena a visita e um banho no poção. Suas águas descem por um conjunto de pedras com formato irregular, fazendo com que a água escorra zigue-zagueando até o poção e deixando-a mais bonita. Fica bem abrigada, entre vegetação de Mata Atlântica, o que significa que as chances de você ver e escutar borboletas, pássaros, e cigarras são grandes.

Essa cachoeira fica bem mais bonita e vistosa nas épocas em que o rio Jeribucaçu está mais cheio (foto acima). Nós não demos sorte e a vimos “magrinha” (foto abaixo), o que não significa que não valeu a visita, pois é uma cachoeira bonita e a temperatura da água é ótima para banho.

cachoeira-da-usina-itacare-ba-1

Cachoeira da Usina, em Itacaré, Bahia – quando fomos estava com baixo volume de água.

seta-instinto-viajante Praia de Jeribucaçu

praia-e-rio-jeribucacu-itacare-bahia

Rio e praia de Jeribucaçu – uma das melhores praias de Itacaré, Bahia!

A praia de Jeribucaçu é linda mesmo. Talvez, a chegada na praia, de quem vem da trilha, seja seu grande trunfo, pois em termos de mar é parecida com as outras belas praias de Itacaré. Seu diferencial é a mistura de arte natural que compõe sua paisagem.

Esse quadro paisagístico acontece graças ao rio Jeribucaçu (o mesmo que nos acompanha pela trilha), que chega serpenteando com suas águas cristalinas esverdeadas até desaguar no mar; e às dezenas de coqueiros e árvores de Mata Atlântica ao redor, que “escondem” a praia. É uma das praias mais lindas de Itacaré para tirar fotos.

Apesar de bastante visitada ao longo do ano e de ter certa atividade comercial, a praia de Jeribucaçu ainda é bem rústica e mantém suas características naturais. Em geral, é uma praia bem cuidada.

A faixa de areia tem um bom tamanho, sendo esta firme e não muito escura. Fica maior quando a maré desce e o rio vai secando, e menor quando a maré está alta e o rio cheio. O rio é ótimo para sentar dentro d’água e esquecer da vida. O mar é azul, com águas límpidas, e com ondas fortes, normalmente boas para praticar surfe.

Dica 1: tome cuidado com as laterais da praia devido à correnteza, prefira entrar pelo centro. Não vi serviço de salva-vidas na praia.

Dica 2: se você vai pra surfar, saiba que as melhores ondas são no inverno, quando o vento está na direção sul.

Estrutura: razoável – possui algumas barracas simples, cobertas com lonas que fazem sombras e protegem da chuva, que vendem bebidas, lanches e almoços (não há banheiros e não aceitam cartões). Elas têm guarda-sóis na beira da praia. Também é possível alugar pranchas e fazer aulas de surfe na praia. No canto direito, próximo de uma das poucas casas, há uma ducha de água doce.

Alguns preços da praia de Jeribucaçu

  • Estacionamento na entrada da trilha que segue direto para a praia, R$ 10;
  • Almoço para duas pessoas R$ 65-70;
  • Água R$ 3;
  • Cervejas comuns (lata) R$ 5;
  • Cervejas comuns (latão) R$ 9;
  • Refrigerantes (lata) R$ 5.
  • Água de coco R$ 5;
  • Açaí R$ 14 (400 mL) – não tomamos, mas é famoso;
  • Queijo coalho R$ 5;
  • Tapioca R$ 10.
praia-de-jeribucacu-itacare

Foto aérea da praia de Jeribucaçu, Itacaré, Bahia. No canto esquerdo, a pequena praia da Arruda. Ps: nessa foto o rio parece feio, mas normalmente é bem bonito e claro. Foto: itacare.com.br.

Pra ter uma ideia melhor do quanto Jeribucaçu é bonita, o que deu mais trabalho para finalizar este artigo foi escolher quais fotos colocar.

Veja mais fotos da praia de Jeribucaçu na galeria abaixo (segure o CTRL em seu teclado e clique nas miniaturas para visualizar melhor):

seta-instinto-viajante Praia da Arruda e praia da Pava

praia-da-arruda-itacare-ba

Praia da Arruda, Itacaré, Bahia – água cristalina e corais (não toque neles, pois eles morrem!).

Caminhando pela esquerda da praia de Jeribucaçu, há um caminho de terra, costeiro (e lindo), que dá numa trilha.

praia-jeribucaçu-itacare-ba

Olhando para Jeribucaçu, no caminho que leva para Arruda.

Essa trilha, também pela costa, possui apenas 200 metros e leva até a praia da Arruda. A trilha é fácil em dificuldade e orientação, sobe-se para acessa-la e depois o caminho é plano.

trilha-praia-arruda-itacare

Pequena subida no começo da trilha para a praia da Arruda.

A praia da Arruda é deserta, não possui atividade comercial, e quase sempre está vazia. Pra quem gosta de paz e sossego é até melhor que sua vizinha mais famosa.

trilha-jeribucaçu-arruda

Trilha costeira que leva até a praia da Arruda.

O mar é bonito como de Jeribucaçu, com a diferença de ser mais calmo, já que algumas barreiras de corais diminuem a força das ondas. É um mar mais tranquilo para quem está com crianças, por exemplo. Na praia há lugares de sombra e gramados.

Depois da praia da Arruda, é possível seguir pelas pedras até a praia da Pava, que é deserta e bem pequena, só sendo revelada em horários de maré baixa.

Atenção: se for nas praias da Arruda e Pava, não pise, nem toque nos corais. Retorne com seu lixo (guimba de cigarro também é lixo, não esqueça).

Estrutura: nenhuma.

Veja mais fotos da praia da Arruda na galeria abaixo (segure o CTRL em seu teclado e clique nas miniaturas para visualizar melhor):

seta-instinto-viajante Dicas trilha cachoeira da Usina e praia de Jeribucaçu

trilha-praia-de-jeribucaçu-itacaré

Leve uma mochila pequena (de ataque) para os itens básicos, como dinheiro, protetor solar, papel higiênico, etc.

O que levar

Vá com roupas leves, trajes de banho e calçado confortável, de preferência chinelo. As caminhadas por lá não são longas, nem difíceis. Vi blogs de viagem que indicam levar tênis, mas fui de chinelo e não tive a mínima dificuldade. Além disso, há trechos que cruzam rio e mangue, um inconveniente para quem vai de tênis.

Levar uma camisa UV de manga comprida é uma boa. Além disso, não esqueça de itens básicos, como: dinheiro, protetor solar, óculos escuros, chapéu/boné, câmera fotográfica, e papel higiênico.

Caso precise, vale a pena ver este checklist de viagem que ajuda a montar sua mochila/mala para viajar.

O que NÃO levar/fazer

Preserve a natureza, por favor, não entre nos rios e cachoeiras com nenhum tipo de produto químico. Isso inclui: shampoo, condicionador, cremes, repelentes, protetor solar, bronzeador, etc.

Poucas pessoas sabem, mas esses produtos contaminam lugares de água doce, como os rios e cachoeiras.

Vamos manter o lugar sempre limpo e preservado para todos, inclusive nós mesmos.

Animais

Não há restrições para visitar a cachoeira e as praias com animais na coleira, mas peço ter consciência e não levar. Animais domésticos afetam a flora e fauna locais, além de poder passar doenças para as demais pessoas. O animal é seu, mas outras pessoas não devem ser obrigadas a dividir espaço com ele.

O caminho

Nosso passeio foi ótimo e não temos do que reclamar, a única coisa que fiquei pensando é que fazer o caminho inverso talvez seja melhor. Nós fomos pela cachoeira da Usina, conhecendo a praia depois e, de lá, indo embora.

Chegando pela trilha que leva direto para a praia de Jeribucaçu, pegaríamos uma trilha de descida na ida e, conhecendo a cachoeira da Usina depois, poderíamos ir embora sem água salgada no corpo. O único problema é fazer a trilha maior por último, o que pode dar preguiça, mas eu preferiria.

Contudo, independente do caminho, é um passeio fácil de fazer e que indico a qualquer um. Inclusive, em nosso grupo, havia um casal de meia idade e outro com cerca de 70 anos, e que não tiveram dificuldades nas trilhas.

Segurança

Antes de irmos, li relatos na internet de alguns roubos na cachoeira da Usina. Não sei dizer se ainda acontecem, mas nossa visita foi tranquila e, em nenhum momento nos sentimos ameaçados, talvez por estarmos com guia, talvez por que não havia nada mesmo.

A praia de Jeribucaçu é bem tranquila, pois há atividade comercial, então sempre tem movimento. O cuidado por lá é apenas com o mar.

Mais dicas de viagem para Itacaré, Bahia

Para planejar sua viagem para Itacaré, consulte este guia de viagem.

Nele você verá mais detalhes da cidade, como:

  • como chegar;
  • preços médios;
  • onde ficar;
  • clima e melhor época para ir;
  • outras coisas para fazer em Itacaré;
  • e várias dicas de viagem.

seta-instinto-viajante Relato: como foi nosso passeio Cachoeira da Usina + praia de Jeribucaçu

trilha-praia-jeribucaçu-itacaré

Trilha cachoeira da Usina – praia de Jeribucaçu. À nossa direita o rio Jeribucaçu.

Eu e a Isabela saímos do centro de Itacaré 9:30h, em uma van confortável e com ar condicionado, da Bicho-Preguiça Ecoturismo. Na van haviam pessoas que iriam para a trilha das 4 praias e dois casais que iriam conosco até Jeribucaçu. Eram o Rony e a Márcia, de São Paulo, e Elianio e Juliana, de Salvador.

9:40h saltamos e entramos na trilha para a cachoeira da Usina. A trilha é tranquila, em meio à mata e sombras, e bem marcada. Quase todo trajeto é plano e, em alguns momentos, há algumas pequenas subidas e descidas.

Seguimos margeando o rio Jeribucaçu e ouvindo a “gritaria” das cigarras que anunciavam um lindo dia de sol.

10h chegamos na cachoeira. A gente chega por cima e consegue ver a área represada que antigamente alimentava a cidade de Itacaré. Na verdade, como o guia Miquiba nos contou, alimentava apenas os coronéis em suas fazendas e a pracinha central da cidade – o povo, pra variar, era prejudicado.

Com o recurso sendo distribuído para todos e o aumento da população de Itacaré, a cachoeira da Usina não pôde mais suprir a demanda, sendo abandonada. Hoje a cidade é alimentada principalmente pelo rio Ribeirinho.

Ficamos na cachoeira tomando banho e tirando fotos até 10:30h. Apesar de pequenos, a cachoeira e o poção são agradáveis e valem a visita. A água possui uma ótima temperatura.

cachoeira-da-usina-itacare-ba-2

Relaxando na cachoeira da Usina, em Itacaré, Bahia.

De lá, pegamos a trilha em direção à praia de Jeribucaçu, atravessando o rio que dá nome à praia e passando pelo mangue vermelho.

No caminho, o Miquiba, ainda nos mostrou uma árvore gigante, a Gindiba Branca (ou Jindiba Branca) e, ao lado, uma pindaíba (árvore responsável pelo dito “estar na pindaíba”, famoso no Brasil. O motivo é sua madeira ter uma qualidade inferior às outras que normalmente são comercializadas, sendo vendida sempre no final do estoque, quando já não tinha mais nada).

Também fomos apresentados à Amescla, uma planta medicinal utilizada por nativos (as) como expectorante – o Vick Vaporub caseiro.

Seguimos pela trilha, fácil em esforço, mas com algumas bifurcações não sinalizadas.

arvores-trilha-praia-de-jeribucaçu

A enorme Gindiba Branca (ou Jindiba Branca) ao lado da fina Pindaíba.

A caminhada pelo mangue é bem legal, pois a vegetação do entorno é bonita, verdinha, contrastando com as águas do mangue vermelho, que estava em nível baixo (altura do tornozelo) e com algumas áreas secas quando fomos. Esse é o único trecho de sol na cabeça, por cerca de 1 KM.

mangue-vermelho-jeribucaçu

Caminhada pelo mangue Vermelho, em Jeribucaçu, Itacaré.

Chegamos na praia 11:40h e aproveitamos o ritmo para ir direto até a praia da Arruda. Depois, voltamos, e ficamos aproveitando a praia e o riozinho. O passeio foi excelente e indicamos pra qualquer pessoa. Ficamos na praia até às 16:10h.

A volta é por um morro que leva ao estacionamento, onde o traslado nos aguardava para o retorno. O morro não chega a ser tão difícil, mas exige certo esforço.

trilha-jeribucaçu-bahia

Morro para ir embora da praia de Jeribucaçu.

Veja mais fotos do passeio na galeria abaixo (lembre-se de segurar o CTRL em seu teclado e clicar nas miniaturas para visualizar melhor):

Valores e dados de janeiro de 2017

Por favor, se possível, use nosso link ou o buscador abaixo para reservar sua hospedagem. Você não paga nada mais por isso e ajuda nosso blog, que recebe uma pequena quantia do Booking.



Booking.com

Compromisso ético: nosso passeio pela trilha da cachoeira da Usina e praia de Jeribucaçu foi cedido, gratuitamente, pela agência Bicho Preguiça Ecoturismo, em troca das fotos que tiramos no local e dessa resenha sobre o passeio. Contudo, reforço que, minha opinião sobre o passeio é sincera e transparente.

Obrigado pela visita e boa viagem!

Gostou do artigo? Então ajude o Instinto Viajante a se manter no ar =) Clique aqui e doe quanto quiser. Obrigado!

Se esse artigo lhe ajudou pode ajudar outros viajantes, curta e compartilhe =)

seta-instinto-viajante Mais dicas de viagem para Itacaré-BA

Você tem outras dúvidas ou mais dicas sobre a cachoeira da Usina e praia de Jeribucaçu? Conte para nós nos comentários!

Curta Instinto Viajante no Facebook e siga-nos pelo Instagram


« | »

Sobre