Rafting em Itacaré (Taboquinhas), Bahia

rafting-no-rio-de-contas-ba

Rafting Itacaré, Bahia (Taboquinhas): preços, agências, idade mínima, quando ir, o que levar e como é o passeio

O rafting em Itacaré, Bahia, é um dos melhores passeios da cidade, estando facilmente na lista de coisas imperdíveis da viagem. A descida acontece nas corredeiras do rio de Contas, que nasce na Chapada Diamantina e desagua na praia da Concha, em Itacaré.

Na verdade, o rafting é em Taboquinhas, distrito de Itacaré, localizado a 28 KM do centro desta. Mas, o mais comum, é o passeio ser contratado nas agências de viagem do centro de Itacaré.

Hoje, aqui no Instinto Viajante, conto como foi nossa aventura fazendo rafting no rio de Contas, em Taboquinhas (foi nossa primeira vez no esporte), dicas de viagem, e tudo que você precisa saber para ter a melhor experiência possível.

→ Veja também:

Ajude o Instinto Viajante a se manter no ar =) Clique aqui e doe quanto quiser. Obrigado!

rafting-em-itacare-bahia

Rafting no rio de Contas (Taboquinhas), saindo de Itacaré, Bahia

Nesse artigo, você verá:

  • Preço do rafting em Itacaré
  • Equipes e agências de viagem que fazem o rafting no rio de Contas (e qual indicamos)
  • Melhor época para ir
  • Idade mínima para fazer o rafting
  • O que levar
  • + dicas de viagem

Tá perdido (a) e quer saber melhor o que é rafting? Veja aqui.

seta-instinto-viajante Taboquinhas, Bahia, e o rio de Contas

corredeira-salto-da-pancada-ba

O rio de Contas nasce na Chapada Diamantina e desagua no Oceano Atlântico, na altura da praia da Concha, em Itacaré. O rafting é feito na altura de Taboquinhas, Bahia.

Há muitos anos, o – hoje – modesto distrito de Taboquinhas era mais importante do que Itacaré e visto como a sede do município. Isso, pois, o que sustentava a economia local era a produção de cacau e era lá que estavam as grande fazendas.

Com o surto de Vassoura-de-bruxa, uma praga descoberta em 1989, originária da bacia amazônica, que afetou as plantações baianas de cacau, Taboquinhas decaiu em economia e importância.

A economia do município passou a ser sustentada pelo turismo e Itacaré, que abriga as melhores praias da região, passou a ser o local mais importante.

Contudo, Taboquinhas abriga várias das melhores cachoeiras de Itacaré e tem despontado nos esportes de aventura, através do rafting, duck, tirolesa, e rapel. Taboquinhas é considerada a capital baiana de rafting. Leia mais.

O rio de Contas

Como mencionei, o palco do rafting é o rio de Contas, também chamado de rio das Contas. Ele nasce na Serra da Tromba, no município de Rio de Contas, na Chapada Diamantina, onde é chamado de rio Brumado, e desce por 620 KM, até Itacaré.

Sozinho, ele ocupa mais de 10% da bacia hidrográfica da Bahia e dá o sustento há diversas comunidades ribeirinhas.

seta-instinto-viajante Níveis de rafting em Itacaré e a melhor época para praticar

corredeira-do-carrossel-ba

Corredeira do Carrossel, no rio de Contas – a primeira do rafting em Itacaré/Taboquinhas, Bahia.

O rio de Contas possui corredeiras que variam do nível 1,5 ao 6 para rafting.

Eu e a Isabela fizemos o rafting em janeiro de 2017, um dos meses em que o rio de Contas possui maior volume de água. Todavia, por não ter chovido muito nos dias anteriores, o volume de água estava abaixo do normal para o período (nível 2 a 2,5).

Os instrutores aconselham que amadores (as) e pessoas que fazem rafting pela primeira vez, optem por corredeiras de até nível 4 (acima disso, necessita experiência) – Recomendação de profissionais da área e do site Turista Seguro.

O nível 2 a 2,5, que foi o que fizemos, é legal, seguro, e com alguns momentos de adrenalina. Com base na minha experiência, acredito que o nível 1 seja sem graça em termos de rafting, se assemelhando mais a um passeio de bote.

Para quem busca mais emoção, mas ainda dentro de um nível seguro, indico praticar entre os níveis 2,5 e 4.

Até o nível 3 as chances de acidentes são mínimas e, é um esporte bem mais tranquilo do que as pessoas que não conhecem pensam.

Quando ir?

Como sempre, depende.

Rio mais cheio – Janeiro e fevereiro (verão, temporada alta) são os meses em que o volume do rio, normalmente, está maior (nós não demos essa sorte). Nesse período, o mais comum, é que os níveis do rafting variem de 2,5 a 6 – mais adrenalina.

Sem espera – Também no verão, há mais chances dos passeios saírem completos das agências de Itacaré, o que significa que você não terá de esperar completar as vagas no bote para descer o rio (o passeio é feito com, no mínimo, 4 turistas e, máximo, 7 + instrutor). Na baixa temporada, há relatos de pessoas que chegam a esperar 1h para conseguir sair.

O ponto negativo dessa época é que as buscas pelo rafting são maiores, podendo prejudicar as chances de um atendimento melhor, e os valores gerais de Itacaré estão mais altos.

Dica: se for na alta temporada, evite o período entre 25/12 e 15/01, que é quando a cidade está mais lotada e os preços mais altos.

A outra opção…

Rio mais vazio – Maio e junho são os meses em que o volume do rio, normalmente, está menor. Contudo, o inverno é o período de chuvas na Bahia, sendo assim, existe a possibilidade desses meses serem chuvosos e aumentar o volume do rio. Nesse período, o mais comum, é que os níveis do rafting variem de 2 a 4passeio mais suave. Outra vantagem é que o sol não está tão quente quanto no verão.

Dica: se for na baixa temporada e tiver flexibilidade de datas, converse com sua agência de viagens para ir para Taboquinhas apenas quando fechar o mínimo de pessoas, isso evitará a espera na base.

seta-instinto-viajante O passeio: duração, o que está incluso, preço do rafting e idade mínima

rafting-itacare-bahia

Rafting em Taboquinhas, Bahia.

O passeio de rafting em Itacaré é oferecido por várias agências de viagem do centro (falaremos delas no próximo tópico) e, normalmente, possuem opções de horários pela manhã (a partir de 8h) e à tarde (até 15h) – quase todas são flexíveis quanto a escolha do horário (manhã ou tarde), basta ter um grupo suficiente.

Em noites de lua cheia é possível contratar o rafting noturno.

Nós fizemos pela manhã, quando a vantagem é estar descansado, mas há quem prefira à tarde, quando a temperatura ambiente e águas do rio estão mais agradáveis. Ambas são boas escolhas.

Duração

O passeio todo dura cerca de 4h, das quais, 2h são de traslado (ida e volta) e 2h fazendo o rafting (cerca de 3,5 KM) e tirolesa.

O trajeto possui 5 corredeiras principais e outras menores.

Dica: o rafting cansa, se quiser preencher o dia com outra atividade, escolha algo leve.

O que está incluso e qual o preço do rafting em Itacaré?

As saídas para o rafting em Taboquinhas incluem: traslado ida e volta (Itacaré-Taboquinhas), rafting no rio de Contas, tirolesa sobre o rio (120 metros).

É possível reservar o passeio na agência e chegar em Taboquinhas por conta própria, excluindo o traslado (- R$ 40).

Serviços opcionais: compra do CD com as fotos do passeio* (R$ 40/casal); praticar rapel (+ R$ 70, mas necessita pelo menos 4 pessoas).

* Todas as fotos deste artigo foram do CD, tiradas pelo Max, da Planeta Rafting.

Preço (com traslado): R$ 100 por pessoa (é comum haver desconto para pagamentos em dinheiro).

A base, em Taboquinhas, possui armários para guardar objetos e banheiros.

Idade mínima para praticar rafting

A idade mínima permitida para praticar rafting em Itacaré é de 8 anos. As crianças normalmente vão no meio do bote ou ao lado do instrutor.

Atenção: na base da equipe, em Taboquinhas, assinamos um termo mencionando que somos responsáveis e estamos cientes da possibilidade de acidentes e que as perdas de objetos não são de responsabilidade da equipe e agência de viagens.

seta-instinto-viajante Equipes e agências de viagem que fazem o rafting em Itacaré (e qual indicamos)

planeta-rafting-itacare

Nossa galera e os instrutores na base da Planeta Rafting, em Taboquinhas, Bahia.

As agências de viagens que realizam o passeio estão concentradas, principalmente, na rua Pedro Longo (popularmente conhecida como Pituba), no centro de Itacaré.

Nós fizemos com a Bahia Turismo e a equipe da Planeta Rafting, de Taboquinhas. O valor é R$ 100 por pessoa, podendo haver descontos para pagamento em dinheiro e/ou grupos, e para quem fecha mais de 3 passeios (consulte as promoções vigentes).

Nossas observações sobre o passeio, a agência e a equipe de rafting:

  • Foram pontuais no horário combinado;
  • Possuem muita flexibilidade de horário;
  • Atendimento na Bahia Turismo (ii) e traslado (Ricardo) muito simpáticos e prestativos;
  • Instrutores da Planeta Rafting simpáticos (Marciel e Dida), brincalhões, mas muito profissionais. Passam tranquilidade e dominam o que estão fazendo;
  • Bons equipamentos, nenhum risco ao longo do passeio;
  • Respeitam às normas de segurança e passam bem as instruções;
  • Tirolesa divertida e segura;
  • Tanto a Bahia Turismo, quanto a Planeta Rafting, possuem donos baianos – em tempos de capitalismo selvagem, acho importante priorizar a escolha dos serviços com nativos.

Nosso passeio foi super seguro e tão divertido que nem vimos a hora passar. Indicamos muito fazer com eles.

Contatos

Bahia Turismo

  • Horário de funcionamento: 17h-22h (baixa temporada) | manhã e noite ou o dia inteiro (alta temporada). O movimento na rua da Pituba é mais forte à noite, ou seja, é mais fácil estar aberto sempre pela noite.
  • Telefone / WhatsApp: (73) 9 9846-3012 | Keli
  • E-mail: itacarebahiaturismo@gmail.com
  • Endereço: Rua Pedro Longo, 137 – Pituba, Centro, Itacaré-BA

Planeta Rafting

  • Telefone / WhatsApp: (73) 9 9958-3590 | Marciel
  • E-mail: campodasflores@outlook.com

Outras equipes

Também fazem o rafting em Taboquinhas, mas não conhecemos o serviço:

seta-instinto-viajante Dicas rafting Itacaré, Taboquinhas

rafting-em-taboquinhas-bahia

Capotagem proposital feita pelo nosso instrutor, o Dida, para nos mostrar como é quando o bote vira.

Não tenha medo

Como falei, caso seja sua primeira vez, não tenha medo de fazer o passeio. É tranquilo, seguro e vale muito a pena. Qualquer pessoa com idade a partir de 8 anos e que não tenha problemas físicos muito sérios pode praticar – mesmo que não saiba nadar.

Seja um (a) turista consciente: preserve a natureza!

Por favor, não entre nos rios e cachoeiras com nenhum tipo de produto químico. Isso inclui: shampoo, condicionador, cremes, repelentes, protetor solar, bronzeador, etc.

O que levar para o rafting?

Vá com roupas leves e confortáveis. Vi pessoas com short jeans e tênis, não faça isso, não faz sentido.

Quanto ao calçado, você pode fazer o rafting de tênis, descalço ou com a sapatilha própria pro esporte (eles alugam na base por R$ 10, mas – sinceramente – não senti falta). Meu conselho? Vá de chinelo e faça descalço.

As equipes pedem não levar nenhum objeto (óculos, brincos, pulseiras, relógio, cordões e afins) ou guarda-los no armário da base ao chegar. Não esqueça de checar e esvaziar os bolsos.

Também vale a pena ver este checklist de viagem que ajuda a montar sua mochila/mala para viajar.

Dica: se você tem GoPro e deseja filmar o percurso, aconselho levar um capacete com suporte pra câmera, pois, quando fomos, a agência ainda não possuía para emprestar ou alugar. Prender no colete é arriscado e duas pessoas perderam câmeras dessa forma na semana em que fomos. Nós preferimos não arriscar.

Alimentação

Como mencionei, fomos pela manhã e um bom café da manhã foi suficiente para fazer todo passeio bem e não ter fome até chegar em Itacaré. Levamos lanches e água para economizar na viagem, mas nem chegamos a comer.

Portanto, tome um café da manhã bom e vá para o passeio tranquilo (a) – come coisas leves, mas nutritivas.

Se for fazer à tarde, almoce bem, mas coisas leves – o caminho de Itacaré para Taboquinhas é suficiente para não passar mal durante o rafting por estar de barriga cheia.

A base da Planeta Rafting também possui um restaurante agradável próximo do rio. Alguns valores:

  • Almoço (pratos para duas pessoas) a partir de R$ 60;
  • Petiscos R$ 15-40;
  • Água R$ 3;
  • Refrigerantes e cervejas comuns (lata) R$ 4;
  • Refrigerante (litro) R$ 6;
  • Suco R$ 6.

Mais dicas de viagem para Itacaré, Bahia

Para planejar sua viagem para Itacaré, consulte este guia de viagem.

Nele você verá mais detalhes da cidade:

  • como chegar;
  • preços médios;
  • onde ficar;
  • clima e melhor época para ir;
  • outras coisas para fazer em Itacaré;
  • e várias dicas de viagem.

seta-instinto-viajante Como foi nosso rafting com a Planeta Rafting

rafting-em-taboquinhas-ba

Recebendo as primeiras instruções na base da Planeta Rafting, em Taboquinhas, Bahia.

Saímos de Itacaré 9:30h e chegamos na base da Planeta Rafting, em Taboquinhas, às 10:20h. Lá, recebemos as instruções do passeio com um bote para demonstrar os movimentos (em terra) – nós e as outras 4 pessoas que iam no bote conosco estavam fazendo rafting pela primeira vez.

Ao receber muitas instruções em pouco tempo, pode-se gerar uma insegurança quanto ao passeio e medo de esquecer as coisas, mas é apenas uma norma de segurança, e o instrutor vai no bote sempre repassando os movimentos que temos de fazer, o que torna o passeio fácil e tranquilo.

Na base também recebemos nossos equipamentos: colete salva-vidas e capacete.

Descendo para o rio de Contas

rafting-em-itacare-ba

Nosso grupo levando o bote para o rafting no rio de Contas, Bahia.

Após as instruções básicas, seguimos de carro até o ponto de acesso ao rio. Lá, descontraímos conversando e nos conhecendo, enquanto os instrutores enchem o bote – jogo rápido. Nosso instrutor foi o Dida, figuraça, que começou a praticar rafting em 1999, e parecia ter muita experiência – sempre tranquilo e ágil quando preciso.

Ele repassou algumas informações e entramos na água, onde os movimentos foram “treinados” novamente e algumas demonstrações foram dadas. Nesse momento também escolhemos nosso grito de guerra: “FILHA-DA-PUTAAAA”.

O rio de Contas

O rafting começa em um passeio tranquilo e calmo pelo rio de Contas. A paisagem é sublime, uma combinação harmoniosa e perfeita entre as águas escuras do rio, o verde intenso da mata ciliar, e o azul do céu.

Na superfície das águas podemos ver muitas plantas, o que indica o quanto o lugar está preservado. São duas belezas ao longo passeio: a preservação por parte da população ribeirinha e a beleza da natureza em si. Além, é claro, da adrenalina do rafting.

Diferente da maioria dos rios e cachoeiras do Brasil, as águas do rio de Contas, na altura de Taboquinhas, são mornas, um verdadeiro convite ao mergulho e despertando o desejo de passar o dia por ali.

As corredeiras

corredeira-carrossel-rio-de-contas

Corredeira do Carrossel, no rio de Contas – a primeira do rafting em Taboquinhas. Quando fomos estava mais vazia. Foto: http://deltarafting.blogspot.com.br.

Chega então o momento da aventura. A Corredeira do Carrossel já abre o passeio de maneira emocionante, pois foi a mais íngreme do passeio, quando a galera quase caiu, precisando segurar as cordas laterais do bote. Todos bem, sorriso no rosto e remamos em frente.

Logo aparece o Salto do Fumo (ou cachoeira do Fumo), uma corredeira de nível 6. A cachoeira é linda e a força da água impressiona. Nesse lugar, nós não descemos com o bote. Os guias param e os botes descem vazios. Em compensação, quem desejar, pode saltar duas vezes do alto de uma pedra e sentir um pouco da correnteza do rio.

A pedra que saltamos da cachoeira do Fumo tem 4 a 5 metros de altura. É bem legal saltar e seguro, quase todo nosso grupo saltou, com excessão de uma pessoa. O volume de água gera um pouco de apreensão, mas depois do salto percebe-se que é tranquilo e até baixo.

salto-cachoeira-do-fumo-ba

Pausa no rafting para saltar da Cachoeira do Fumo, em Taboquinhas, Bahia. Altura de 4 a 5 metros.

Voltamos pro bote e seguimos rio abaixo até a Passagem do Funil (corredeira, geralmente, de nível 3). Nesse momento, a galera se encolhe no bote e passa rente as pedras, motivo pelo qual é chamado de funil.

Logo depois, passamos pelo Canyon do Rio de Contas, pra mim o lugar mais bonito do rafting. Nesse trecho o rio vai serpenteando adornado pelas grandes rochas e mata selvagem em seu entorno. Para curtir ainda mais, o guia pediu que saltássemos do bote e fossemos boiando, deixando a correnteza nos levar, até um lugar onde água vai enfraquecendo até praticamente parar.

canyon-do-rio-de-contas-ba

Canyon do Rio de Contas, Taboquinhas, Bahia

Próximo daí está um dos pontos altos do passeio: a Pedra do Pulo, de onde os guias permitem que cada um dê um salto de cima de uma rocha com cerca de 7 a 8 metros de altura (mais uma vez o salto é opcional, mas vale muito a pena).

pedra-do-pulo-taboquinhas-ba

Eu saltando da Pedra do Pulo – altura de 7 a 8 metros.

Após o salto, remamos em frente até a corredeira Corredor Polonês (normalmente de nível 3) que, apesar do nome, estava tranquila. E, mais adiante, finalizamos o passeio no Salto da Pancada, que, devido ao volume baixo do rio, estava bastante suave quando fomos.

Chegada e tirolesa

Após a última corredeira, fomos conversando e brincando pelo rio, em um passeio suave. Nesse trecho podemos curtir mais a paisagem, entrar em sintonia com a natureza e nadar no rio (dá vontade de ficar a tarde inteira).

Ao chegar na base, deixamos os equipamentos e nos aprontamos para a tirolesa. Esta possui cerca de 120 M de extensão, cruzando o rio de uma margem a outra e “freando” na água. A base da Planeta Rafting possui banheiros, ducha e opção de almoço (opcional).

Ainda ficamos conversando um tempo, e saímos de Taboquinhas às 14h, chegando 15h em Itacaré.

Veja mais fotos na galeria abaixo. Para visualizar melhor, segure o CTRL em seu teclado e clique nas fotos desejadas.

Quer se aprofundar no rafting? Saiba mais com a Confederação Brasileira de Canoagem.

Valores e dados de janeiro de 2017

Compromisso ético: este passeio foi cedido gratuitamente pela agência de viagens Bahia Turismo, junto da equipe da Planeta Rafting. Contudo, lhe garanto, que isso em nada afeta minha opinião sincera e transparente sobre o passeio, como em qualquer outro artigo do Instinto Viajante.

Por favor, se possível, use nosso link ou o buscador abaixo para reservar sua hospedagem. Você não paga nada mais por isso e ajuda nosso blog, que recebe uma pequena quantia do Booking.



Booking.com

Obrigado pela visita e boa viagem!

Gostou do artigo? Então ajude o Instinto Viajante a se manter no ar =) Clique aqui e doe quanto quiser. Obrigado!

Se esse artigo lhe ajudou pode ajudar outros viajantes, curta e compartilhe =)

seta-instinto-viajante Mais dicas de viagem pela Bahia

Você tem outras dúvidas ou mais dicas sobre o rafting em Itacaré? Conte para nós nos comentários!

Curta Instinto Viajante no Facebook e siga-nos pelo Instagram


« | »

Sobre