Ushuaia – Guia de viagem a Ushuaia Patagônia Argentina (travel guide)

Ushuaia Patagônia argentina: como chegar, melhores coisas para fazer e preços

Tudo que você precisa saber para planejar seu roteiro de viagem para Ushuaia, Patagônia, Argentina

 

Vai viajar para Ushuaia?

Quer saber como chegar em Ushuaia e quanto vai gastar?

Quer estudar os trajetos de avião e ônibus para comprar sua passagem e fechar pacotes de viagens?

Então esse post é perfeito pra você e sua trip! Veja todas as dicas de viagem de Ushuaia para planejar sua viagem para um passeio mais luxuoso ou viajar barato em um mochilão internacional low cost!

Veja nossas dicas ninjas de viagem em Ushuaia para montar o planejamento perfeito!

Ushuaia

Ushuaia

Ushuaia. Foto: freestyleadventuretravel.com

Ushuaia é a cidade mais ao sul da América do Sul, e também conhecida mundialmente como a cidade do fim do mundo com apenas cerca de 100.000 moradores. Seu nome, na antiga língua aborígene yánama, significa “baía que penetra até o oeste” e é uma das cidades mais queridas da Patagonia argentina. É um destino muito procurado por turistas de todo o mundo. A cidade mais austral do mundo está localizada em uma ilha dividida entre Argentina e Chile chamada Isla Grande de Tierra del Fuego. Tierra del Fuego é também o nome da província (como são chamados os Estados na Argentina) ao qual Ushuaia é a capital, sendo vizinha de outras duas cidades: Tolhuin e Rio Grande. A região também está próxima das Ilhas do Atlântico Sul e é a principal base estratégica de quem segue para Antártica.

Apesar da ilha ter sido habitada por povos indígenas (onas, chonkóiunka, alacalufos e yagans) onze mil anos atrás, a província Tierra del Fuego é a mais jovem da Argentina a ser emancipada, e Ushuaia uma cidade com pouquíssimos anos de independência, desde 1990 e, portanto, com apenas 25 anos. Ushuaia é um dos destinos de esportes de inverno e ecoturismo mais procurados da América do Sul e do mundo. Ushuaia possui uma variedade de climas muito grande, ou seja, é comum ter sol e chuva ao longo de quase todos os dias. O lado positivo é que a cidade está preparada turisticamente falando, sendo possível aproveitar atrativos com sol ou chuva (há uma ampla estrutura turística de bares e restaurantes, além de opções culturais, como os museus e diversos passeios). No inverno é um excelente lugar para esquiar e praticar snowboard, como no Cerro Castor; enquanto o verão reserva lindos dias para trekkings, caminhadas e camping pelo Parque Nacional Tierra del Fuego. Outras atividades muito procuradas em Ushuaia são os passeios de barco pela região como a navegação pelo Canal de Beagle e para observar pinguins na Isla Martillo.

Ushuaia é muito procurada por jovens e aventureiros (mochileiros e viajantes em motos e bicicletas), mas é também um local ideal para toda família, sendo um dos destinos ímpares no mundo todo.

Leia todo artigo ou escolha o tópico no índice para ir direto ao assunto.

 

Índice

1. Como chegar em Ushuaia, Patagônia argentina

2. Quando visitar Ushuaia, Patagônia argentina

3. Média de preços em Ushuaia, Patagônia argentina

4. Dicas de como economizar em Ushuaia, Patagônia argentina (low cost)

5. O que fazer em Ushuaia, Patagônia argentina

1. Como chegar em Ushuaia, Patagônia argentina

Ushuaia está a 3.040 quilômetros de Buenos Aires, sendo uma viagem longa e cansativa para fazer por terra se possui poucos dias de viagem. Aconselhamos tomar um avião se tiver dias contados, tanto pelo longo trajeto, quanto pela diferença entre o valor da passagem de ônibus e de avião de Buenos Aires para Ushuaia que não costuma ser grande.

Se a viagem não possui dias contados, considere ir por terra, pela Ruta Nacional 3 ou pela mundialmente famosa Ruta Nacional 40 visitando os lugares mais lindos da Patagonia argentina.

Localização GPS Ushuaia: 54° 48′ 57″ S 68° 19′ 04″ O

Para saber todos os detalhes sobre como chegar em Ushuaia, veja nosso guia completo: Patagônia: saiba como chegar e viajar por todas as cidades da Patagônia argentina e chilena

Importante: Para chegar em Ushuaia, Argentina, por terra, é preciso cruzar duas rodovias chilenas e, portanto, fronteiras de entradas e saídas dos países. Essas aduanas chilenas possuem controle rígido de frutas e outros produtos orgânicos. Caso possua esses produtos em sua bagagem ou veículo, consuma-os antes de cruzar essas fronteiras. Caso contrário precisará jogar fora ou pagará uma multa se tentar esconder. Isso inclui frutas, bebidas, lanches, geléias, pães, etc.

2. Quando visitar Ushuaia, Patagônia argentina

ushuaia-trekking

Primeiro é preciso entender que Ushuaia é um destino de temporada dupla. Apesar de muitos não saberem, o verão é a verdadeira temporada alta e os preços disparam entre dezembro e fevereiro. Porém, por ser uma cidade excelente para prática de esqui e snowboard, o inverno também possui muita procura turística e altos preços, entre junho e agosto.

Neve: muitos visitam Ushuaia por interesse na neve, enquanto outros preferem evitar o frio rigoroso. A única época em que há quase que certeza de não haver nevascas é no verão. No verão as temperaturas podem chegar a 17 graus, enquanto no inverno chegam a normalmente a -10 graus com sensação térmica de até -18 graus.

3. Média de preços em Ushuaia, Patagônia argentina

Aliando-se as sazonalidades mencionadas acima, Ushuaia ainda é uma cidade de custo de vida alto, portanto espere preços salgados e uma viagem cara se feita de maneira convencional. Inverno e principalmente verão são as épocas mais caras de Ushuaia, enquanto o outono (março a maio) e a primavera (setembro a novembro) são as épocas mais vazias e mais baratas para ir a Ushuaia.

Hospedagem low cost, campings e hostel em Ushuaia: dormitórios baratos possuem diárias a partir de $a 200,00, na baixa temporada, e $a 300, na alta temporada. Quartos privativos variam entre $a 400 a $a 700 por pessoa para o casal. Os campings organizados custam a partir de $a 100 a diária. Confira aqui a lista completa de campings em Ushuaia.

Hotel em Ushuaia: Preço para um quarto duplo simples com café da manhã a partir de $a 800, na baixa temporada, e $a 1.200, na alta temporada (faça a reserva com antecedência nessa época).

Custo médio de alimentação em Ushuaia: Ushuaia possui diversas opções de bares e restaurantes, dos mais baratos aos mais caros. É possível encontrar café da manhã por $a 60,00 e refeições por $a 200,00 o almoço e $a 250,00 o jantar, em média. Para quem busca o famoso cordeiro patagônico, a churrascaria La Estancia possui um bom preço e excelente comida. Outra boa opção de restaurante é o Restaurante Andino, no centro. Restaurantes da Avenida San Martín são os mais turísticos e podem ser mais caros, enquanto compras nos supermercados deixam as despesas com alimentação bem mais baixas.

Custo dos transportes em Ushuaia: os ônibus de linha em Ushuaia necessitam o uso do cartão (tarjeta) SUBE argentino e custam $a 9,00 por viagem (possuem duas linhas apenas, A e B, e circulam de hora em hora – Ushuaia não possui bom serviço de transportes públicos). Os valores de táxi são: bandeirada: $a 17,00; quilômetro rodado: R$ 1,30. Além desses há vários traslados para os principais locais turísticos que podem ser adquiridos nas ruas ou agências, e o City Tour de Ushuaia, com saída da praça localizada próximo ao Porto de Ushuaia – consulte aqui os horários e valores: Ushuaia City Tour.

Custo passeios de barcos e guiados em Ushuaia: os passeios mais comuns para ver pinguins custam a partir de $a 600,00, na baixa temporada, e $a 1.000,00, na alta temporada. Passeios e cruzeiros pelo Drake e para Antartida custam de US$ 5.000,00 a US$ 30.000,00. Trekkings simples e muito procurados como para Laguna Esmeralda custam a partir de $a 500,00, na baixa temporada, e $a 900,00, na alta temporada.

4. Dicas de como economizar em Ushuaia, Patagônia argentina (low cost)

ushuaia-trekking

Trekking, Ushuaia, Patagonia, Argentina

Couchsurfing e Airbnb: Ushuaia é bastante turística e possui muitas pessoas cadastradas em sites de trocas de hospedagens. Vale a pena pesquisar no CouchSurfing (intercambio cultural e hospedagem gratuita) e no Airbnb (hospedagens mais baratas em casas de pessoas).

Campings municipais da Argentina: Na Argentina, os campings municipais são bastante comuns e a maioria deles são gratuitos. Alguns possuem banheiros e estrutura, outros são selvagens (apenas um parque com espaço permitido para montar barracas). Antes de chegar a Ushuaia, há um parque a direita que é permitido realizar camping selvagem. Depois, há a mesma possibilidade em alguns lugares nas imediações do Parque Nacional Tierra del Fuego. Ambos gratuitos e sem banheiro. Importante: acampar fora do verão em Ushuaia não é uma boa ideia! Atenção: consulte os lugares que são permitidos fazer fogueiras. Sempre recolha seu lixo e outros que puder recolher para ajudar na conservação da nossa natureza. Nunca urine e defeque nas proximidades de rios e cachoeiras.

Mercado: Se você estiver hospedado em um albergue com cozinha, é uma boa ideia comprar os ingredientes nos mercados e cozinhar. O mercado que costuma ter produtos mais baratos em Ushuaia é o La Anonima.

Lojas mais baratas: Se necesita comprar algo como roupas ou calçados, as lojas mais baratas estão na Avenida San Martín, uma região que não possui impostos e é mais barata. Porém, antecipamos que as compras em Ushuaia são muito caras mesmo assim, portanto recomendamos comprar em sua cidade ou ir a Punta Arenas, Chile, que está bem próxima e onde há zona livre de impostos com valores mais em conta, principalmente para eletrônicos (consulte antes os sites, pois nem todos os produtos compensam). Vale lembrar que Punta Arenas possui valores bem mais baixos que os que são encontrados na Argentina e no Chile, e algumas coisas mais baratas que Brasil, mas não se comparam com valores baixos como os do Panamá ou Estados Unidos. Se for à cidade para fazer compras, convém levar dólares.

Parque Nacional Tierra del Fuego: A entrada no Parque Nacional Tierra del Fuego Lapataia custa $a 100 para estrangeiros residentes no Mercosul. Na baixa temporada é comum ter entrada grátis e na alta temporada é possível visitar de manhã bem cedo ou após as 20h para acampar, sem pagar a entrada (essa possibilidade não precisa mágica, nem é clandestina. Todos na cidade sabem disso e se entra livremente pela porta de entrada do parque).

Passeios: Tente realizar passeios por conta própria, existem várias opções. Em relação as agências de passeios em Ushuaia, recomendamos a Brasileiros em Ushuaia que possui bons preços (alguns bem mais baixos que agências que pesquisamos) e realiza todos os passeios possiveis em Ushuaia e adjacências, além de alguns passeios exclusivos. É formada por brasileiros e possui equipe atenciosa. Eles realizam passeios turísticos guiados por terra, mar e ar. Foi com ela que nós fizemos o Trekking Laguna Esmeralda e o Full day na Estancia La Carmencita, com passeio à cavalo e quadricículo. Visite-os e mencione que são leitores do Instinto Viajante para receber um desconto especial.

Flyers: Em Ushuaia é comum encontrar promoções com flyers que são distribuídos nas ruas. Normalmente rendem um percentual de desconto em algo ou algum brinde. Flyers podem ser encontrados com distribuidores de rua, em agências ou hotéis e hostels.

No mais, nossa dica é: não deixe para comprar nada de equipamentos e similares em Ushuaia, pois é uma cidade muito cara. Leve tudo que puder e for precisar, deixando para comprar na cidade somente o imprescíndivel. Se precisar, pesquise sobre aluguéis de equipamentos, pois pode compensar.

5. O que fazer em Ushuaia, Patagônia argentina

trekking-ushuaia

É possível pegar o mapa com as atrações e guia de ruas de Ushuaia nos postos de informações turísticas localizados nas proximidades do Porto de Ushuaia, no centro, ou na Avenida San Martín, 674.

Carimbo do fim do mundo – Ao chegar na cidade é legal registrar em seu passaporte a visita ao fim do mundo, com o carimbo da cidade mais austral do mundo. Nos dois postos de informações turísticas citados acima é possível carimbar seu passaporte gratuitamente. Além disso, há um certificado em seu nome provando que esteve na cidade que está a apenas 1.000 KM da Antártida.

Trekkings, lagos e lagunas – A capital do fim do mundo possui boas possibilidades de caminhadas, trilhas e trekkings que podem ser realizados em qualquer época do ano, sendo a melhor época o verão. Dentre elas, estão o sendero (trilha) Laguna Esmeralda, a Laguna Turquesa e as trilhas pelo Parque Nacional Tierra del Fuego. O Lago Escondido um pouco mais distante, e a Laguna NegraLago Roca, ambos dentro do Parque Nacional Tierra del Fuego, também são ótimos passeios.

Cerros e glaciares – O principal cerro (morro) para visitar na cidade austral é o Cerro Castor e os principais glaciares são o Glaciar Martial, localizado bem próximo do centro de Ushuaia e o Glaciar Vicinguerra, um pouco mais distante. O Cerro Castor é interessante visitar no inverno para esquiar, no verão não há muito o que fazer.

Mirante – O principal mirador (como chamam em espanhol) da capital do fim do mundo é o Mirador Paso Garibaldi com vista para o Lago Escondido e Lago Fagnano, e o Mirador del Valle Carbajal, com vista para as Cordilheiras dos Andes, ambos localizados na Ruta 3 à caminho de Ushuaia.

Observação de pínguins – Uma das coisas mais desejadas por turistas em Ushuaia é a observação de pínguins. Para isso, deve-se ir até a Isla Martillo, uma grande pinguineria que há nas proximidades de Ushuaia, onde podem ser vistos pinguins em todas as épocas do ano. As possibilidades de passeios mais comuns são por mar, navegando pelo Canal de Beagle e indo até a ilha; ou por terra, indo de ônibus até a Estancia Harberton e tomando um barco até a Isla Martillo, com possibilidade de ver os pínguins mais de perto.

Mergulho – Mergulhadores principiantes podem praticar mergulho (buceo, em espanhol) nas proximidades da Bahía Ensenada e da costa de Ushuaia. As observações de mergulho em Ushuaia incluem afloramentos de rochas, bosques de algas, caranguejos, estrelas marinhas e os famosos caranguejos gigantes. Mergulhadores mais avançados podem se aventurar mais pelas águas do Canal de Beagle, Isla Redonda, Isla Estorbo e Puerto Cucharita para ver toda fauna do Canal de Beagle, além de lindas Anêmonas-do-mar. A Estancia Túnel, Isla de Los Lobos, Las Bridges e La Iturrieta ou Isla Hache são ideias para praticantes de mergulho noturno.

Observção de Aves – A prática de birdwatching em Ushuaia tem mais chances de sucesso nas imediações do Parque Nacional Tierra del Fuego. As aves mais fáceis de serem observadas são condores, pica-paus, patos e carcarás.

Turismo histórico: Para os que curtem turismo histórico, a cidade do fim do mundo oferece museus e o famoso Trem do Fim do Mundo (consulte aqui horários e tarifas), que parte de uma estação no Parque Nacional Tierra del Fuego para um passeio embarcado no antigo trem que viajavam os presos bem comportados que eram levados aos bosques para cortar lenha. É uma linda paisagem e aconselhamos visitar antes o Museo del Presidio para saber mais sobre a história do trem e seus passageiros. Há também o Museo de Las Maquetas que mostra um pouco da história dos povos aborígenes, yámanas.

Esqui e snowboard – No inverno, Ushuaia é uma das principais cidades para prática de esportes invernais da Argentina e da América do Sul. O Cerro Castor é o preferido por praticantes de esqui e snowboard na capital do fim do mundo e um dos melhores centros de esqui da América do Sul.

Passeios de barco e helicóptero – A cidade oferece excelentes passeios de barco para serem feitos e os principais são os que navegam pelo Canal de Beagle, até a Ponta do Drake para os mais aventureiros, e para conhecer a Isla de Los Pájaros, Isla de Los Lobos e o farol Les Eclaires. Para quem tem o sonho de chegar a Antartida vale a tentativa de conversar com capitães de veleiros nas marinas e clubes de Ushuaia ou um cruzeiro turístico, esse último mais caro.

Vida noturna – Além dos bares e restaurantes do Centro, Ushuaia possui algumas boates (boliches como falam na Argentina), sendo as principais a Génesis Disco e a Náutico Disco. Outra opção de diversão é o Cassino da cidade.

Locais de camping livre – Na Argentina a cultura do campismo é muito grande, portanto é possível acampar em quase todos os lugares sem ser expulso. Em Ushuaia, pode-se acampar nas imediações da Laguna Esmeralda e também dentro do Parque Nacional Tierra del Fuego. Atenção: consulte os lugares que são permitidos fazer fogueiras. Sempre recolha seu lixo e outros que puder recolher para ajudar na conservação da nossa natureza. Nunca urine e defeque nas proximidades de rios e cachoeiras.

 

Valores e dados de janeiro de 2016

 

Se esse artigo lhe ajudou pode ajudar outros viajantes, curta e compartilhe =)

Caso tenha dúvidas, pergunte e tentaremos ajudar – sua dúvida pode ser a mesma de outros viajantes. Se encontrar erros ou atualizações avise-nos, por gentileza.

 

Curta Instinto Viajante no Facebook e siga-nos pelo Instagram

Foto cabeçalho guia de viagem para Ushuaia: diariodonordeste.com.br


« | »

Sobre