Ilha Comprida: Guia de viagem a Ilha Comprida (travel guide)

ilha-comprida-nascer-do-sol

Ilha Comprida, São Paulo: como chegar, melhores coisas para fazer e preços

Vai viajar para Ilha Comprida? Quer saber como chegar em Ilha Comprida e quanto vai gastar? Então esse é o artigo certo pra você!

Nós já falamos, aqui no Instinto Viajante, sobre a Ilha Grande, no Rio de Janeiro, e sobre a Ilhabela, também em São Paulo.

Hoje chegou a vez de mostrarmos outra ilha paulista, e falar sobre turismo em Ilha Comprida. Veja a seguir as dicas de viagem para Ilha Comprida, São Paulo, e monte seu melhor planejamento!

Dicas de viagem para Ilha Comprida

seta-instinto-viajante Ilha Comprida, São Paulo

praia-das-pedrinhas-ilha-comprida

Restinga e Praia das Pedrinhas, parte sul da Ilha Comprida/SP

A Ilha Comprida, no litoral sul de São Paulo, que já foi conhecida como Ilha do Mar Pequeno, Ilha Grande da Costa do Mar e Ilha Branca, é um bom destino para amantes de ecoturismo no Brasil.

Em minha visita, soube que o nome que ficou, Ilha Comprida, remete ao seu comprimento, sendo uma ilha fina e longa (são mais de 70 KM de praias!!!). Extensão essa que é bem bonita, unindo praias, mangues, rios, sítios arqueológicos, matas, dunas e uma infinidade de espécies para observação de aves (birdwatching).

Ilha Comprida é ideal para se divertir em dias de sol, com praias extensas, bonitas, e de diversos estilos. A vida noturna na cidade é sossegada, mas existem alguns bares e restaurantes, principalmente na parte norte, que é a mais agitada e estruturada.

Há ainda atividades nas praias na alta temporada e festivais de teatro e inverno, como o Ilha Julina, o Festival de Jazz e Blues de Ilha Comprida, e a tradicional Corrida da Cerveja de Ilha Comprida. Recomendo a ilha para famílias, amantes de ecoturismo e birdwatching, jovens e casais.

Ajude o Instinto Viajante a se manter no ar =) Clique aqui e doe quanto quiser. Obrigado!

Leia todo artigo ou escolha o tópico no índice para ir direto ao assunto.

seta-instinto-viajante Patrimônio natural da Ilha Comprida

A Ilha Comprida é um território de conservação e preservação rara nos dias de hoje, sendo um dos poucos ecossistemas não poluídos do Brasil. Possui cerca de dez mil habitantes apenas e diversas áreas ainda selvagens e de Mata Atlântica nativa, além de tradicionais vilas caiçaras.

Ilha Comprida faz parte do Complexo Estuário Lagunar de Iguape – Paranaguá, que constitui um dos maiores viveiros naturais de peixe e crustáceos do Atlântico Sul. É considerada Reserva da Biosfera do Planeta devido à sua importância ambiental pela Organização das Nações Unidas para Educação, Ciência e Cultura (UNESCO). Todo seu município é considerado Área de Proteção Ambiental e suas políticas visam o status de Cidade Modelo do Turismo Sustentável.

seta-instinto-viajante Como chegar em Ilha Comprida

Ilha Comprida está a 209 quilômetros de São Paulo (capital) e a 260 quilômetros de Curitiba, Paraná.

Localização GPS Ilha Comprida: 24º44’28” S 47º32’24” O

→ De carro

Saindo de São Paulo: deve-se seguir pela Rodovia Régis Bittencourt (BR-116), deve-se seguir até o trevo de Iguape e tomando a Rodovia Casimiro Teixeira (SP-222). Ilha Comprida está logo depois da cidade de Iguape, precisando apenas atravessar a Ponte Prefeito Laércio Ribeiro Iguape-Ilha Comprida, e chegando na ilha pela Ponta da Praia, no Boqueirão Norte, Centro.

Saindo de Curitiba, Paraná): deve-se seguir pela Rodovia Régis Bittencourt (BR-116) até o trevo de Pariquera-Açu e tomar a Rodovia Ivo Zanella (SP 226) até Iguape, precisando apenas atravessar a Ponte Prefeito Laércio Ribeiro Iguape-Ilha Comprida, e chegando na ilha pela Ponta da Praia, no Boqueirão Norte, Centro.

A travessia de ponte até Ilha Comprida é gratuita para pedestres e ciclistas, e cobradas para veículos. Seguem os valores:

  • Motocicletas – R$ 2,00
  • Carros de passeio e utilitários – R$ 4,00
  • Carros de passeio e utilitários com reboque e caminhões – R$ 8,00
  • Caminhões Truc. – R$ 12,00
  • Carretas – R$ 20,00
  • Micro-ônibus – R$ 20,00
  • Ônibus de turismo – R$ 40,00
  • Acréscimo por eixo – R$ 4,00

Consulte aqui os pedágios em seu trajeto

Contato útil: Departamento de Estradas de Rodagem (DER) (11) 3311-1400

→ De ônibus

Saindo de São Paulo: o trajeto é feito pela viação Intersul (clique aqui para comprar ou consultar), saindo da rodoviária Barra Funda até Ilha Comprida. Valor: R$ 55,00. Tempo da viagem: 4h. Horários: São Paulo – Ilha Comprida: 5:30, 10:00, 12:15 (horário extra), 14:30, 20:00 / Ilha Comprida – São Paulo: 5:30, 9:45, 15:00, 16:45 (horário extra), 19:45.

Saindo de Curitiba, Paraná: o trajeto é feito pela viação Intersul (clique aqui para comprar ou consultar), saindo da Rodoferroviária de Curitiba até Ilha Comprida. Valor: R$ 70,00. Horários: Consulte aqui.

Outras opções de chegada em Ilha Comprida:

  • São Paulo – Iguape (Terminal Rodoviário Barra Funda) Saídas: 6 H – 10H30 – 15H30 e 20H.
  • Iguape – São Paulo (Rodoviária de Iguape) Saídas: 6 H – 10 H – 15H30 e 20 H.
  • Registro – Iguape (Terminal Rodoviário de Registro) – Saídas: 6 H – 8 H – 9 H – 11H – 13 H – 14 H – 15 H – 17 H e 18H30 , 19H15, 21H30 e 23 horas.
  • Iguape – Registro (Rodoviária de Iguape) Saídas – 5H15 (via Jairê) – 5H45 – 7 H – 8 H – 11H – 12 H – 13H – 15 H – 16H – 17H30 e 19H30. Dias – Segunda a sexta: 23H30 . Nos feriados, de segunda a sexta – 21H30.
  • Santos – Iguape (Terminal Rodoviário de Santos) – Saídas: 6H45 – 11h45 e 16H45.
  • Iguape – Santos (Rodoviária de Iguape) – Saídas: 5H50 – 12h15 e 17h15.

* Na alta temporada pode haver ônibus extras.

Contatos úteis: Viação Intersul Ilha Comprida (13) 3821-4100; Terminal Rodoviário da Barra Funda (11) 3826.0866; Rodoviária de Iguape (13) 3841-1209; Viação Breda (11) 3311-1400

Contatos de aeroportos próximos: Congonhas (SP) (11) 5090-9000; Cumbica (Guarulhos/SP) (11) 6445-2945; Afonso Pena (Curitiba/PR) (41) 3381-1515; Bacacheri (Curitiba/PR) (41) 3256-1441

→ De carona

Para tentar carona até Ilha Comprida, saindo de Curitiba, PR, você pode utilizar o grupo Caronas Curitibano Facebook. Ou usar essas dicas para pedir carona na estrada.

Mapa de Ilha Comprida

seta-instinto-viajante Divisão de Ilha Comprida, públicos e suas praias

ponta-da-praia-ilha-comprida

Ponta da Praia, Ilha Comprida/SP.

Ilha Comprida está basicamente dividida entre Boqueirão Norte (turismo tradicional) e Boqueirão Sul (turismo alternativo).

O Boqueirão Norte está próximo da cidade de Iguape, havendo uma ponte entre o continente e a Ilha, e é mais desenvolvido em termos de estrutura comercial e turística. Do Boqueirão Norte até à Ponta da Praia (última praia da parte norte) estão as praias:

  • Encanto
  • Icaraí
  • Meu Recanto
  • Mar Azul
  • Araçá

A parte norte da ilha é mais indicada para o público que presa pelo turismo com maior comodidade e estrutura.

O Boqueirão Sul possui alguns quiosques na praia e outros bares e restaurantes simples próximos à balsa, todos situados perto da principal rua da parte sul, a Avenida Intermares.

Indo em direção ao sul de Ilha Comprida, até a última praia, chamada Trincheira e que está próxima do município de Cananéia, há as praias:

  • Encanto
  • Garças
  • Maratayama
  • Janaína
  • Samambaia
  • Viaréggio
  • Castelo
  • Ponta Grossa
  • Ubatuba (não confundir com a Ubatuba que fica próxima de Paraty, Rio de Janeiro)
  • Pedrinhas
  • Juruvaúva
  • Papagaio
  • Boa Vista
  • Céu Azul

A região sul da ilha é mais indicada para o turismo sossegado, de paz e tranquilidade, em um ambiente mais selvagem e rústico e, consequentemente com menos opções de estabelecimentos.

Para visitar Cananéia, a Ilha do Cardoso, Marujá e Superagui é preciso tomar uma balsa que sai com intervalos de 30 minutos, realizando uma travessia de 10 minutos. A condução é gratuita para pedestres e ciclistas e com os seguintes valores para veículos (preço incluso ida e volta):

  • Motocicletas – R$ 5,30
  • Carros de passeio e utilitários – R$ 10,60
  • Carros de passeio e utilitários com reboque – R$ 21,20
  • Ônibus e caminhões de 2 eixos – R$ 37,10
  • Ônibus e caminhões de 3 eixos – R$ 84,70
  • Caminhões com reboque ou semi-reboque – R$ 105,90
  • Especiais com inflamáveis – R$ 75,10

seta-instinto-viajante Média de preços em Ilha Comprida

mar-pequeno-ilha-comprida

Crianças brincando no Mar Pequeno, braço do mar que beira parte da Ilha Comprida/SP

Hospedagem low cost, campings e hostel em Ilha Comprida: dormitórios baratos possuem diárias a partir de R$ 40,00 (entre novembro e fevereiro, faça a reserva com antecedência). Quartos privativos variam entre R$ 50,00 a R$ 100,00 por pessoa. Os campings custam a partir de R$ 20,00 a diária.

→ Quando fui, fiquei hospedado no Camping Pinheiro, na parte norte. E na parte sul, na Namastê Pousada e Camping. Clique nos links para ver a avaliação.

Hotel em Ilha Comprida: Preço para um quarto duplo simples com café da manhã a partir de R$ 160,00, na baixa temporada, e R$ 200,00, na alta temporada, (entre novembro e fevereiro, faça a reserva com antecedência nessa época). Quarto single médias de R$ 100,00 e R$ 150,00 na baixa e alta temporada, respectivamente.

Custo médio de alimentação em Ilha Comprida: A ilha possui diversas opções de bares e restaurantes, no geral com preços não muito altos É fácil tomar café da manhã gastando a partir de R$ 7,00 e refeições entre R$ 12,00 e R$ 14,00 o almoço e R$ 18,00 o jantar, em média. Restaurantes nas orlas das praias e no Centro – Boqueirão Norte são mais caros, enquanto compras nos supermercado deixam as despesas com alimentação bem mais baixas.

Custo dos transportes em Ilha Comprida: os ônibus da viação Barro Branco que circulam dentro de Ilha Comprida custam R$ 2,50, enquanto os que vão até o município de Iguape custam R$ 3,00 por viagem. Os valores de táxi são: bandeirada: R$ 5,30; quilômetro rodado: R$ 2,90 (bandeira 1) e R$ 3,48 (bandeira 2).

Custo passeios de barcos, jipes e SUV’s em Ilha Comprida: os tours mais comuns custam a partir de R$ 150,00, na baixa temporada, e R$ 200,00, na alta temporada.

Mais preços no Boqueirão Norte: Salgados e lanches de R$ 3,00 a R$ 7,00; cervejas comuns 600 mL de R$ 6,00 a R$ 8,00; aluguéis de cadeiras e guarda sol na praia R$ 5,00 e R$ 10,00; estacionamentos R$ 10,00; Pão Francês (KG) R$ 9,80; Queijo (KG) R$ 26,00; biscoitos tradicionais R$ 2,00 a R$ 3,00.

Mais preços no Boqueirão Sul: Preços similares a região norte, mas podendo ser um pouco mais caros devido as poucas opções. A refeição de prato feito, por exemplo, varia entre R$ 15,00 e R$ 20,00 e o mercado mais próximo é atravessando a balsa até Cananéia, que é rápida.



Booking.com

seta-instinto-viajante Dicas de como economizar em Ilha Comprida (low cost)

dunas-juruvauva-ilha-comprida

Dunas do Juruvaúva, uma das duas únicas dunas ainda intocadas do Estado de São Paulo, em Ilha Comprida

Self-service: os restaurantes self-service, com comidas por quilo, costumam ser mais baratos do que serviços à la carte, e quanto mais afastado dos locais mais turísticos e das orlas, mais baratos. Na Avenida Copacabana, a principal rua do Centro/Boqueirão Norte, quantos mais se sobe a rua, mais simples e baratos são os restaurantes.

Marmitex: para economizar ainda mais, é possível perguntar pela opção de marmitex (ou marmita, normalmente feita como um prato feito com arroz, feijão, carne e salada) que costumam variar entre R$ 10,00 e R$ 12,00 com uma boa quantidade de comida. É fácil encontrar na maioria dos restaurantes mais simples. Se for vegetariano, peça para substituir a carne por legumes e tente um desconto. Reduzir a quantidade de comida em troca de desconto também é uma negociação que costuma dar certo.

Mercado: Se você estiver hospedado em um albergue com cozinha, é uma boa ideia comprar os ingredientes nos mercados e cozinhar. Os valores dos mercados são similares aos das metrópoles como São Paulo.

Passeios: A maioria dos passeios oferecidos pelas empresas é possível fazer com veículo próprio ou tomando as linhas de ônibus municipais.

seta-instinto-viajante O que fazer em Ilha Comprida

É possível conseguir informações sobre as atrações, trilhas e praias de Ilha Comprida na prefeitura, localizada no Boqueirão Norte, no Centro. A estrutura turística maior fica no Boqueirão Norte, chamado Centro de Ilha Comprida, e é na Avenida Copacabana onde estão o maior número de opções de comércio.

Praias – Ilha Comprida possui simplesmente mais de 70 quilômetros de praias limpas, preservadas e próprias para banho o ano inteiro. Apesar das águas serem escuras, o mar é limpo. As praias mais visitadas são Ponta da Praia, Mar Azul, Viaréggio e Pedrinhas. Mas as praias são basicamente iguais, como uma praia gigante que engloba todo litoral da ilha, o que muda é a quantidade de banhistas em cada região e a estrutura, sendo algumas desertas e outras mais turísticas. As praias mais indicadas para famílias e filhos pequenos são as do Boqueirão Norte, sempre com salva-vidas por perto e ondas normalmente calmas.

Dunas – as dunas se espalham ao longo da orla nas proximidades do Mar Pequeno e são uns dos passeios mais procurados da Ilha Comprida. As Dunas do Araçá ficam à 7,5 quilômetros do lado esquerdo do Boqueirão Norte e possuem dunas de até dez metros com uma linda vista para o mar. As outras são as Dunas do Juruvaúva, no Boqueirão Sul, entre a Praia das Pedrinhas e a Vila Caiçara do Juruvaúva, estas maiores e mais legais. As dunas são um bom local para observação de aves.

dunas-ilha-comprida-araca-juruvauva

Dunas do Araçá, uma das duas únicas dunas ainda intocadas do Estado de São Paulo, em Ilha Comprida

Mergulhar   Ilha Comprida possui um dos maiores estuários com vida marinha do mundo com muitos rios e mangues, porém a cor escura do mar acaba prejudicando um pouco a atividade de mergulho, devido a pouca visibilidade. Os mergulhadores costumam buscar regiões da ilha e do Ilhote da Ilha Comprida. A parte interna da ilha é mais indicada para o mergulho com uma profundidade média fica entre quatro e oito metros e a visibilidade entre três e doze metros. A fauna marítima inclui arraias, corais, miriquites, garoupas e cações-viola. Mais próximo da Ilha das Couves a presença de peixes é maior.

Trilhas e trekking: os trekkings e as trilhas em Ilha Comprida principais são: trilha Juruvaúva – Pedrinhas; trilha Vila Nova – Sítio Arthur; trilha das Dunas do Juruvaúva; trilha da Praia da Trincheira; trilha Encontro das águas; trilha do Boguaçu; e trilha dos Sambaquis do Boqueirão Sul.

Caminhar e andar de bicicleta: Ilha Comprida é realmente longa e ótima para caminhadas à beira do mar, além de passeios de bicicleta pela extensa orla. É saudável, um bom passeio, bonito, divertido e gratuito.

Vida noturna: a vida noturna em Ilha Comprida é pouco agitada, normalmente se resumindo à bares e restaurantes, festivais anuais em datas específicas, luaus entre os visitantes e festas de fim de ano e carnaval. A Praça do Artesanato também costuma ficar movimentada na alta temporada.

Surfar: na Ilha é possível pegar onda sem prancha, de body board, e surfar com pranchas de todos os tipos, inclusive standup paddle (SUP). As praias mais indicadas são: Praia do Encantado, Praia das Garças, Praia do Viaréggio, Praia das Pedrinhas, Praia Costa Linda, Praia dos Papagaios e a Praia Céu Azul. Há uma escola municipal de surfe situada na Área de Lazer da Praia do Boqueirão Norte, ao lado da pista municipal de skate.

Esportes náuticos e de vela – além do surfe, Ilha Comprida contempla bons ventos para esportes náuticos e de vela. São muitos praticantes de kitesurf, windsurf e velas que dividem ás aguas com os grandes veleiros e jet skis. Os praticantes costumam frequentar entre a Praia das Janaínas e a Praia das Samambaias. O remo, canoa e caiaque costuma ser feito ao longo do Mar Pequeno e/ou entre as Praias Mar Azul e Praia do Araçá.

Pesca amadora – há diversas opções de aluguel de barcos para pesca amadora, venda de iscas e trabalho de piloteiros nas vilas caiçaras da Ilha Comprida. As vilas tradicionais mais conhecidas são Pedrinhas, Juruvaúva, Ubatuba, Ponta da Praia, Boqueirão Sul e Pontal de Trincheiras. Há ainda a opção de pesca em alto mar.

Gastronomia: pros que não são vegetarianos, há a opção de degustar as variadas receitas com peixes e frutos do mar nas vilas caiçaras da Ilha.

Observação de pássaros (birdwatching) – Ilha Comprida está no circuito brasileiro de observação de aves, o chamado birdwatching, e é considerada pela BirdLife International área importante para a conservação das aves no Brasil. São diversas aves da Mata Atlântica brasileira que podem ser vistas em diversos locais, principalmente nas dunas e locais de mata mais fechada.

Os guarás vermelhos que haviam sido considerados extintos do litoral havia dez anos ocupam toda a extensão do estuário lagunar Cananéia-Iguape-Ilha Comprida. São lindo e as melhores épocas para vê-los é entre setembro e fevereiro, quando os pássaros se reúnem principalmente na ponta norte da Ilha Comprida para se reproduzirem, formando seus ninhais. Além dos guarás vermelhos, há, neste mesmo local, socós, garças azuis, garças brancas pequenas e garças brancas grandes.

Passeios de jipe, SUV e barcos – em Ilha Comprida há opções de passeios turísticos e tours feitos de jipe, veículos SUV e barcos (geralmente pelo Mar Pequeno e para as ilhas da região, incluindo a Baía dos Golfinhos de Cananéia e Ilha do Cardoso). Os passeios mais procurados são para o ninhal dos guarás, pedrinhas, Juruvaúva e Cananéia e os off road com motos, quadriciclos e jeep pelas dunas.

Repelente: a Ilha possui alta incidência de mosquitos, portanto é altamente aconselhado levar e utilizar repelente. Jamais use repelente ao entrar em locais de água doce, isso polui o local.

Para mais informações ligue: (13) 3842-7000 (Divisão Municipal de Turismo da Ilha Comprida) e/ou acesse: Prefeitura de Ilha Comprida

Valores e dados de junho de 2015

Gostou do artigo? Então ajude o Instinto Viajante a se manter no ar =) Clique aqui e doe quanto quiser. Obrigado!

seta-instinto-viajante Mais dicas de viagem pelo Brasil



Booking.com

Tem mais dicas sobre Ilha Comprida? Conte para nós nos comentários!

Se esse artigo lhe ajudou pode ajudar outros viajantes, curta e compartilhe =)

Curta Instinto Viajante no Facebook e siga-nos pelo Instagram


« | »

Sobre